Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

5 artigos que respondem à pergunta: o que acontece numa oficina de filosofia para crianças?

pergunta.jpg

 

"joana, o que acontece numa oficina de filosofia para crianças?"

 

- esta é uma pergunta comum que me chega. tenho partilhado por aqui alguns momentos de oficinas, algumas sugestões de trabalho e por isso resolvi compilar alguns artigos aqui do blog.

 

o que dizem as crianças sobre as oficinas de filosofia?

nos trabalhos de continuidade é dada a palavra às crianças para explicar a quem chega pela 1.ª vez à filosofia o que acontece numa destas oficinas:

às vezes a professora faz perguntas sobre o "porquê"

 

colocamos em prática o pensamento crítico 

neste artigo partilho relatos em duas salas de jardim de infância: num dos grupos trabalhámos a justificação e o dar razões, no outro trabalhámos critérios para nos ajudar a compreender semelhanças e diferenças. 

 

cultivamos a curiosidade

neste 1.º ano do 1.º ciclo iniciámos a filosofia com o ?. 

é comum, com as crianças mais novas, que o ? seja apontado como o mistério. pelo que indaguei junto deles, há uns desenhos animados nos quais o ? é apresentado como mistério. e hoje, assim aconteceu. estava a abrir a minha capa e eis que a I. viu a folha com o ? e exclamou: tens aí o mistério!

partimos do mistério e da curiosidade em torno dele para pensar em conjunto, de forma colaborativa. 

 

registamos o nosso ponto de vista sobre o que está a acontecer

sou muito fã do caderno ou diário da filosofia como recurso para o registo do que acontece na oficina de filosofia. a única regra de uso deste recurso é abrir uma folha com a data do dia e depois a criança pode escrever, desenhar, rabiscar ou não fazer nada naquela folha. é um espaço de liberdade

 

investigamos problemas filosóficos

que problemas filosóficos abordamos? apresento dois exemplos: o problema do conhecimento: o que é conhecer uma coisa?  e o problema da liberdade e da responsabilidade. 

*

se chegou a este blog pela 1.ª vez e não sabe bem o que é a filosofia para crianças e o que se faz nesta área, convido-o/a a ler “Ah, trabalhas nisso da filosofia para crianças?”

o diálogo e o compromisso com a verdade

 

"A Community of Inquiry is neither teacher- centered and controlled nor student-centered and controlled, but centered on and controlled by the demands of truth. Truth is absolutely essential to this method; it is only because of progress toward truth that participants are ultimately convinced of the fruitfulness of the process. Truth, however, is a hard taskmaster; it places severe restrictions on participants and puts exacting demands on the facilitator." 

 

Susan Gardner - Inquiry is no Mere Conversation (or Discussion or Dialogue)

FACILITATION OF INQUIRY IS HARD WORK!

 

 

jack-b-mBJPFAsSON0-unsplash.jpg

 

 

SOPHIA online network meeting 2021

sofya2021-1-1024x310.jpg

DATE AND LOCATION

This year we are inviting you to enjoy the luxury of your own home as we bring SOPHIA to you. The dates will be similar to last year, taking place over a weekend, the 10th and 11th of July 2021.

 

THEME

UNLOCKED: POST-PANDEMIC PHILOSOPHY

Critical thinking about vaccination, community cohesion after months of isolation, processing the trauma of bereavement, catching up on “lost learning”, envisioning new ways to address racial justice and the environmental crisis… or back to business as usual? As we dare to imagine a world beyond the Covid-19 pandemic, what could be the role of philosophy in what happens next?

 

CONTENT AND TIMETABLE

The meeting will be hosted online over the weekend of July the 10th and 11th, 2021. There will be presentations in the morning, discussion groups throughout the day and hopefully further opportunities for networking during the weekend. The final timetable will be confirmed in June and sent to everyone who paid membership and the ticket.

 

CALL FOR PAPERS

The call for papers deadline is Monday 3rd May

All submissions will receive a response by Friday May the 14th.

All submissions must be sent to steve@philosophy-foundation.org

 

more info at SOPHIA's website

já fez formação em filosofia para crianças e jovens?

- junte-se aos Diálogos Filosóficos [encontros de prática online]

Já fez formação em filosofia para crianças e jovens? Desenvolve trabalho nesta área? 
 
Diálogos Filosóficos [encontro de prática online] pretende criar um espaço e tempo para que os facilitadores na área da filosofia para crianças e jovens / filosofia com crianças / filosofia com comunidades possam ter a experiência da orientação de uma oficina de filosofia, num ambiente seguro.
 
Em cada encontro há um facilitador, participantes e observadores (se o facilitador assim o entender).
Estes papéis rodam entre aqueles/as que quiserem juntar-se ao grupo.
 
Próximas datas:
 
16 de Abril, sexta - 21h
30 de Abril, sexta - 21h
7 de Maio, sexta, 21h
21 de Maio, sexta, 21h
 
Inscreva-se para participar: https://bit.ly/dialogosfilosoficos
Actividade gratuita.
 
 

dialogos_filo_online.png

Diálogos Filosóficos [encontro de prática, online] é uma iniciativa da Joana Rita Sousa (filocriatividade).

Viktor Johansson - em videoconferência

IFILNOVA, FCSH NOVA, UNL

This talk is part of the FCT project "P4C-AIM Philosophy for Children and the Dawn of Moral Intuition: Values and Reasons in Rationality and Reasonability" at IFILNOVA, FCSH NOVA, UNL

Time:
*Tuesday 20.04.2021*
18:30 Lisbon, GMT / 17:30 Ponta Delgada, Açores

The meeting will take place virtually on zoom.
Join from PC, Mac, Linux, iOS or Android: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/81715438903...
Password: 090781

About the speaker:

Viktor Johannsson is Associate Professor and Senior Lecturer at Södertörn University, Stockholm. The overarching theme of his research has been philosophical aspects of interactions between children and adults, especially in relation to early childhood education. That interest has mainly emerged as a work on children’s philosophy and in philosophy of education as an encounter between ethics, aesthetics, and literary theory. Moreover, he has worked on exploring methods of ordinary language philosophy on topics such as learning, philosophy of play and philosophy through play. The research has been highly influenced by philosophers such as Stanley Cavell, Cora Diamond, and Ludwig Wittgenstein, but also thinkers such as Simone Weil, Sören Kierkegaard, Iris Murdoch, John Dewey and Gareth Matthews. He has often turned to authors of children’s literature such as Astrid Lindgren, Cressida Cowell, J.K. Rowling and Tolkien; and pictures books by Sven Nordqvist, Shaun Tan, Dr. Seuss, Jimmy Liao, and Stian Hole; but also on adult fiction including works by Ibsen, Hamsun, Knausgaard, Austen, Tolstoj and Coetzee. At the moment he is exploring the possibility of letting his research meet different forms of educational practices in indigenous contexts.

Everyone is welcome!

 

170197235_3877720418984740_4935550843059348685_n.p

(fonte: facebook IFILNOVA)

no dia do livro infantil: 5 livros perguntadores

 

no dia do livro infantil reuni cinco títulos de #livrosperguntadores para partilhar consigo.

o que são #livrosperguntadores?

há muitos livros que carregam perguntas: no seu interior e até na capa.
refiro-me a livros com perguntas na capa e também livros que carreguem perguntas lá dentro.

 

eis as minhas sugestões:

 

Duck! Rabbit!, de Amy Krouse Rosenthal e Tom Lichtenheld, (Chronicle Kids)

- um livro que me me faz viajar até ao filósofo Ludwig Wittgenstein e Investigações Filosóficas, para pensar na questão de percepção.

 

Barafunda, de Afonso Cruz e Marta Bernardes, ilustrado por José Cardoso (Caminho)

- um livro em diálogo que arruma e desarruma ideias em cada página.

 

Il Bárbaro, de Renato Moriconi (Gallucci)

- ouvi falar deste livro numa oficina com o Afonso Cruz e fiquei rendida à sua proposta. É um livro sem texto, para descobrir a vida do guerreiro. quem é ele? que batalha está a travar? de que lado da batalha se encontra?

 

Para que serve?, de José Maria Vieira Mendes e Madalena Matoso (Planeta Tangerina)

- pode ler-se na contracapa: “Eu sou um livro que gosta de fazer perguntas. Eu gosto mais de um mundo com perguntas do que de um mundo com respostas porque eu gosto de investigar e também gosto de confundir.” – e eis a razão para este livro constar na categoria de livro perguntador!

 

A grande fábrica das palavras, de Agnès de Lestrade e Valeria Docampo (Paleta de Letras)

- é um livro recomendado pelo PNL2027 e foi um livro que a Júlia Martins me deu a descobrir. não quero dizer muito sobre a história que é surpreendente e levanta muitas perguntas: o que fazer com poucas palavras? como dizer o mundo com palavras contadas? (de repente estou no 1984, de George Orwell, a pensar em todo aquele esforço feito pelo governo para reduzir as palavras do povo, criando a Novilíngua).

 

tem outras sugestões de #livrosperguntadores para celebrar o dia do livro infantil?

partilhe nos comentários!

 

filocriatividade: reconhecimento Chaire UNESCO

Copy of chaire unesco.png

é com muito gosto que partilho que o projecto #filocriatividade recebeu o reconhecimento por parte da Chaire UNESCO "Pratiques de la philosophie avec les enfants: une base éducative pour le dialogue interculturel et la transformation sociale".

desde 2008 que me dedico às oficinas de filosofia, para crianças e jovens, actuando nos mais diversos contextos (escolas, bibliotecas, centros de estudo).

este projecto tem-me levado a viajar pelo país, em Portugal Continental, e também na Madeira e nos Açores. em 2011 estive em Moçambique e mais recentemente em São Tomé e Princípe e no Brasil.

 

muito obrigada a todas as pessoas que se têm cruzado neste caminho e que me têm permitido crescer, perguntar, duvidar, avançar, voltar atrás e estar aqui hoje a partilhar esta notícia consigo. 

 

 

sugestões de leitura em voz alta para crianças de 3 anos

hoje, no instagram, surgiu esta pergunta via INÉF :

 

"o meu filho tem 3 anos.

como iniciar filosofia?

dicas de leitura em voz alta."

 

a minha resposta é simples: iniciar filosofia, aos 3 anos, passa por criar espaços e tempos para a prática da curiosidade.

um livro ilustrado, sem texto, pode ser lido em voz alta e permite a prática da curiosidade. os livros da Suzy Lee, como Onda e Espelho são muito provocadores. por outro lado, livros como Balbúrdia também têm um efeito muito provocador. 

nestas idades (3 ou 4 anos) é importante criar momentos de leitura partilhada, dando oportunidade para a criança manusear o livro e descobri-lo.

"mas joana, a criança não sabe ler!" - se é nisso que está a pensar, convido/a a re-pensar o conceito de leitura. LER não se limita a juntar letras que formam palavras e por aí fora.

LER é criar sentido, interpretar as imagens, descobrir uma página e depois a página. nem sempre precisamos de ler as palavras que lá estão escritas para poder ler a história.

 

Copy of ler_3 anos_filosofia.png

 

 

 

 

onde estudar filosofia para / com crianças?

ben-white-qDY9ahp0Mto-unsplash.jpg

se é professor/a, educador/a ou se procura formação na área da filosofia para crianças este artigo poderá ajudar.

a propósito de uma pergunta que foi partilhada pelo Jason Buckley no grupo público do facebook P4C Exchange - support and ideas for practising Philosophy for Children e depois de ter sido questionada numa das caixas de perguntas que faço no instagram, resolvi compilar alguma informação.

não será uma lista completa, mas sim a completar, com informação que me possa chegar.

uma nota prévia: é importante ter em mente o tipo de formação que procura, bem como se está numa fase inicial de estudo ou numa fase de busca de profundidade. há cursos acreditados, outros não são acreditados. há oferta em modelo de oficina. há uma grande oferta de cursos online. 

quanto a mim é importante saber um pouco mais sobre a entidade que oferece a formação, bem como sobre o grupo de formadores (a experiência que tem e a investigação que faz na área). estes são os meus critérios de escolha quando procuro formação na área. 

espero que seja útil. como sou formadora na área e colaboro com algumas das entidades abaixo indicadas -  quem sabe não nos encontramos na sala de aula? há também a possibilidade de nos encontrarmos no papel de formanda, pois invisto na actualização dos meus conhecimentos na área, procurando formação com pessoas que também desenvolvem trabalho e investigação na área.

 

> University of Auckland (Nova Zelândia) - Philosophy for Children – Theory and Practice

> University of Southern Denmark - Philosophy in Schools

Victorian Association for Philosophy in Schools

> Université Laval - Philosophie pour les enfants

P4C TEXAS

> Universidade dos Açores - programa de mestrado filosofia para crianças

> Universidade Católica Portuguesa - programa de pós-graduação filosofia para crianças e jovens

> GrupIREF - MASTER FILOSOFIA 3/18 on line (P4C / FpN)

> Universidad Javeriana Bogotá - Educación Filosófica (Filosofía para Niños)

> Université de Nantes - Développer une expertise éducative en animation d'ateliers philosophiques

 

 

 

 

 

filosofia para crianças e jovens - formação

49578048_2447994251937919_5141473807801778176_n.jp

Filosofia para Crianças | Transformar a sala de aula numa sala de pensar

- de 8 a 30 de Abril  (online, 8h)

 

Filosofia para crianças | O papel do diálogo criativo na formação de crianças perguntadoras

- de 6 a 27 de Maio (online, 8h)

 

Filosofia para Crianças | Ferramentas de pensamento crítico para o diálogo

- de 3 a 29 de Junho  (online, 8h)

 

- oficinas de formação para pais, professores, educadores, professores bibliotecários e outros agentes educativos 

- as 8h de formação acontecem de forma síncrona

- parceria Bertrand Livreiros | formadora: Joana Rita Sousa

 

informações disponíveis AQUI 

 

Mais sobre mim

O que faço?

Filosofia é coisa para miúdos

Fórum na Revista Dois Pontos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub