Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

notícias que chegam de Espanha

Diálogo Filosófico com Jovens - Koiné Filosófica 

o Jorge foi o primeiro convidado da rubrica #filocriCONVIDA, no instagram filocriatividade. a conversa pode ser ouvida consultando a IGTV do projecto. falámos sobre filosofia para crianças e jovens, pois esta é uma área que partilhamos em comum. ambos moderamos cafés filosóficos. vou ter a oportunidade de ser aluna do Jorge num curso do Centro de Filosofia para Niños. 

se quiser saber mais sobre o trabalho do Jorge, visite o espaço Koiné Filosófica. aproveite para ler sobre o tema e a conversa do Diálogo Filosófico com Jovens

 

Dicionário Filosófico Covid 19

através do twitter de Pepe Barrientos cheguei a este dicionário filosófico covid 19. o Pepe contribui com a palavra prisão

hoje em dia quando penso em prisões lembro-me imediatamente do Pepe e do projecto Boécio Epistolar, do qual já falei aqui no blog, recorda-se?

Los investigadores del Instituto de Filosofía del CSIC reflexionan en voz alta sobre los conceptos que definen la pandemia global COVID-19 desde una perspectiva filosófica.

 

Pepe Barrientos em conferência 

no final deste mês, Pepe Barrientos estará presente na Online Conference on Philosophical Practice (July 28-31, 2020). na sua companhia estarão Achenbach, Brenifier, Kohan, Marinoff, Chernenko e Pollastry (entre outros). são nomes de referência na área da filosofia aplicada. 

se a filosofia aplicada é algo novo para si, recomendo que oiça este podcast, onde Pepe Barrientos fala um pouco sobre a temática e os projectos que tem desenvolvido. 

 

 

formação: filosofia para crianças e jovens

#filocri - escola de verão 2020 [online]

tw-post-3.png

 

- Idade dos porquês - o que é a filosofia para crianças e jovens?


27 de junho, sábado, 10h às 12h [online]
[para professores, educadores, bibliotecários e agentes educativos - 10€]

 

 

- Palavras ao acaso - ferramentas para pensar 


02 de julho, quinta, 18h às 20h [online]
[para professores, educadores, bibliotecários e agentes educativos - 10€]

 

inscrições limitada | informações: joana@filosofiaparacriancas.pt

 

 

filosofia em 60 minutos

- o que podemos aprender com os filósofos e as suas ideias?

Screenshot 2020-06-07 at 13.47.00.png

- Filosofia em 60 minutos - para descobrir as ideias dos filósofos
29 de junho, segunda, 18h às 19h
[para crianças, jovens e adultos a partir dos 13 anos - 6,5€]

 

inscrições limitadas

informações via e-mail: joana@filosofiaparacriancas.pt 

 

 

 

X Colóquio Internacional de Filosofia e Educação

Afirmar, inventar, re-existir: o que pode uma educação filosófica? 05 a 09 de outubro de 2020 [onlin

2caras.gif

"O Colóquio Internacional de Filosofia e Educação é um evento GRATUITO e aberto a TODAS as pessoas, sem condições. A inscrição pode ser feita independente de nível de escolaridade, nacionalidade, idade, área de atuação, time de futebol... O ÚNICO requisito para participar é um texto curto que comece e termine com perguntas."

 

mais informações AQUI

 

Aforismos filosóficos em tempos de quarentena: vozes da infância

- em português e em espanhol -

94203406_3215501598484118_7254668146307497984_o.jp

Construir aforismos é a arte de expressar pensamentos profundos com o mínimo de palavras possível.

O desafio é pensar em quarentena a partir das palavras que propomos, para que você possa contar ao mundo suas idéias, sentimentos e desejos."

 

podem aceder a este desafio filosófico em Português e em Espanhol.

 

#EstudoEmCasa - A Grande Descoberta e Filosofia (10.º e 11.º)

a partir de hoje é possível aceder na RTP Memória ou na RTP Play aos conteúdos da telescola. os horários podem ser consultados AQUI.

EWCLqnhX0AAG7it.jpg

 

na rtp2, às terças e sextas, pelas 9h15, podem ver A Grande Descoberta.

 

segundo apurei no twitter, através de um tweet do Rodrigo Guimarães, na rtp madeira estão disponíveis conteúdos para o secundário: 

EWCgcwIXQAEUvNw.jpg

 

Para quem não sabe, a RTP MADEIRA terá aulas em telescola para o SECUNDÁRIO(!!!!), ao contrário do que acontece na RTP Memória. Se os vossos professores são uma merda, aproveitem! Está aí o horário! Canal 203 (MEO), 188 (NOS), 184 (Vodafone) e 27 (NOWO)

 

 

 

arrumar ideias e papéis para (re)encontrar memórias

tumblr_a50737c1a4ce67e3d896762a7d58e7bd_87fc72b9_5

"conta-me como foi"

o projecto #filocri nasce com uma componente itinerante: foi em 2008 que comecei a viajar pelo país como formadora e como facilitadora de oficinas de filosofia para criançase e jovens.

se já tinha feito algumas oficinas em 2007? sim, já tinha. mas 2008 é o ano que sublinho como o da fundação deste projecto. na altura, com outro nome, outro logotipo, mas a mesma casa de hoje: este blog.

 

viajar até Portalegre

em 2009 a Ana Cila contactou-me via e-mail com um propósito muito claro: levar-me a Portalegre, para que os seus filhos pudessem experimentar uma oficina de filosofia. a Ana conseguiu mobilizar a Animamus, em Portalegre, para organizarmos um sábado com oficinas de filosofia para a pequenada. e assim foi. a Ana fez acontecer.

foi em Setembro e recordo-me bem da viagem: na altura tinha um fiat seicento, o meu primeiro carro, no qual fiz muitas viagens filosóficas, devo confessar. o meu irmão estava em franca recuperação de uma operação ao joelho e decidiu acompanhar-me. o objectivo dele era testar o joelho numa condução mais longa. durante as oficinas, enquanto eu trabalhava, ele andou pela cidade, tirando fotografias e acabou por comprar cabo de aço para o seu estendal. entre nós costumamos dizer que cabo de aço do bom compra-se em Portalegre.

 

as oficinas 

ontem estive a arrumar o meu escritório de trabalho cujas paredes estão forradas por estantes com livros e dossiers. as coisas mais antigas estão muito bem arrumadas, mas as mais recentes ou aquelas que estão sempre "a uso": nem por isso.

tinha 3 ou 4 pastas com materiais de apoio às oficinas de filosofia e tinha certeza que já tinha coisas repetidas e coisas perdidas nestas pastas. 

resolvi investir algumas horas no trabalho de abrir pastas e avaliar o que queria guardar ou não. nesse processo encontrei folhetos das oficinas de Portalegre e até relatos escritos das crianças e jovens com quem pude trabalhar nessas oficinas. irei partilhar essas memórias por aqui e também pelo instagram

além do cabo de aço de Portalegre, que durou muitos e muitos anos, as memórias dessas oficinas também persistem. 

obrigada, Ana, pelo convite que me fizeste em 2009 para visitar Portalegre. desde então já tive oportunidade de voltar, a teu convite e tenho a certeza que outras oportunidades irão surgir para nos encontrarmos!

 

 

 

 

 

filosofia em tempos de pandemia

- filosofia e filosofia para crianças e jovens

durante a semana passada partilhei algumas perguntas com investigadores, pensadores e filósofos sobre os tempos pandémicos que vivemos. algumas dessas perguntas referiam-se especificamente à filosofia para crianças. 

Walter Omar Kohan, Tomás Magalhães Carneiro, Jose Barrientos Rastrojo e Gabriela Castro partilharam as suas respostas através de um google form: em tempos de distanciamento físico, são os inúmeros recursos digitais que nos aproximam. 

 

tumblr_f2f9676de680e728e246c2fe5b8b4afd_81cab38b_5

 

Nestas alturas, a filosofia pode servir de consolo? Porquê?

"Não gosto da palavra consolo. A filosofia pode ajudar em muitas outras coisas, por exemplo, a dar sentido ao momento.", diz-nos Walter Kohan. 
Na mesma linha, Tomás Magalhães Carneiro, professor de filosofia com crianças, defende que 
"se a filosofia tiver de chegar a servir de consolo, de alívio, já chegou tarde demais e aí não poderá servir de consolo. A filosofia deve preparar-nos para sermos capazes de evitar a necessidade de consolo. Não havia ninguém a consolar Sócrates quando este bebeu a cicuta. Ele é que consolou quem estava à sua volta."
 
"A pergunta é se a filosofia devia servir como consolo. Se o consolo é efectivo, poderia ocultar a crise e fazer com que voltemos para a vida anterior; mas não seria bom não consolar, deixar que a crise continue aberta e nos leve para o questionamento de partes do sistema. Provavelmente, algumas filosofias podem servir para consolar, mas repito: isso seria bom em todos os casos?" - eis a interrogação que nos deixa Barrientos Rastrojo. 
 

Por sua vez, Gabriela Castro não hesita: "A resposta é indubitavelmente SIM. Porque o ser humano é holisticamente pensante e pensador e o pensar sempre ajudou a humanidade a colocar a realidade em perspectiva e a propor soluções reais." E acrescenta, com algum humor qual seria a  resposta de alguém que não estuda filosofia:  "se a filosofia não serve para mais nada talvez sirva para pensar a pandemia".  

 

Têm alguma sugestão de temas ou de exercícios para permitir às crianças pensar sobre o que está a acontecer?

"De momento não trabalho com crianças, mas criámos um projecto com presos (Boecio epistolar) que poderia ser trabalhado com crianças. Eles podem escrever cartas para serem enviadas para crianças de México (onde vai o começar a crise) com os seus conselhos para superar a situação." (Jose Barrientos Rastrojo)

Gabriela Castro pede cautela nestas sugestões: "porque fazer isso sozinhas será desvirtuar a própria FpC. Vamos a ter calma e a sabermos o que estamos a fazer sob pena de ser maior o estrago do que o proveito."

Walter Kohan remete para o livro Alice no País das Maravilhas como provocação para o pensar, em família. 

Por último, Tomás Magalhães Carneiro defende que:

"Temos aqui uma boa oportunidade de espalhar um pouco mais o "vírus da filosofia". Acho que os exercícios e temas que costumamos utilizar nas nossas aulas [de filosofia para/com crianças] são adequados. Apenas ressalvo a importância de os adequarmos aos pais e às famílias dando-lhes directrizes de como os aplicar, como deverão dar espaço às crianças para pensarem em vez de encher esse espaço com as suas próprias ideias. O nosso papel, agora que estamos longe dos nossos alunos, deverá ser o de orientar os pais a serem também eles moderadores socráticos. São eles que estão "forçados" a estar com os seus filhos mais tempo do que é costume e muitos quererão aproveitar esses momentos para aprofundar ideias e conversas. a Filosofia aí pode ajudar, ou não fosse isso que andamos a fazer há mais de 2000 anos, a conversar uns com os outros."

 

thought-catalog-o0Qqw21-0NI-unsplash.jpg

 

O que estão a ler os nossos entrevistados? E o que recomendam como leitura "pandémica"?

O Tomás está  a ler e recomenda "How to be a Stoic: Ancient Wisdom for Modern Times" do Massimo Pigliucci. A Gabriela lê Paul Ricoeur para preparar as suas aulas que acontecem via zoom.

Jose Barientos Rastrojo recomenda os textos de Séneca e de Marco Aurélio, advertindo que nem sempre têm um efeito tranquilizante. O professor da Universidade de Sevilha encontra-se a ler Han (O aroma do tempo), Grimes (Philosophical Midwifery) e Carlson (O sentido do asombro), livros que  ajudam a aprofundar  sobre a realidade profunda.

Walter Kohan recomenda o clássico Alice no País das Maravilhas. 

 

*

No blog Joana Rita ponto EU podem ler o artigo "Is living a pandemic quite different from thinking about the pandemic?", com o contributo de outros pensadores e investigadores. Boas leituras! 

 

filosofar com miúdos e graúdos

- no jardim de infância

tumblr_eeb3cca6459113cfe4264e7c71aa6c6a_ceb4c5f7_5

na semana passada houve filosofia no jardim de infância: para miúdos e graúdos. estive nas salas Bolinhas de Sabão e Tenda Mágica, para dar continuidade ao trabalho que temos vindo a fazer e, além disso, estive a filosofar com os mais crescidos, numa oficina que se chamava mesmo: "filosofia para gente crescida". 

 

Captura de ecrã 2020-02-13, às 21.24.46.png

muito obrigada pelo convite e até breve! 

 

 

Mais sobre mim

O que faço?

Filosofia é coisa para miúdos

Fórum na Revista Dois Pontos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D