Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

>> oficinas de filosofia, para crianças, jovens e adultos >> formação para professores e educadores (CCPFC) >> nas redes sociais: #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

filocriatividade | filosofia e criatividade

>> oficinas de filosofia, para crianças, jovens e adultos >> formação para professores e educadores (CCPFC) >> nas redes sociais: #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

guia para acabar com a curiosidade das crianças

 

Screenshot 2021-10-05 at 13.34.13.png

 

 

❌ este é um guia simples para quem pretende acabar com a curiosidade das crianças.

❌ algumas destas ideias já foram ouvidas por mim em contexto escolar ou entre pais e filhos. note: nem sempre tenho a possibilidade de perguntar pelo porquê de um adulto não querer sequer ouvir uma ideia vinda de uma criança e que não corresponde àquilo que esperava ouvir.

❌ bem sei que as vidas das pessoas são complexas e a prática do oposto deste guia exige disponibilidade e tempo, bem como uma abertura ao desconhecido, por parte dos adultos. não é fácil e exige esforço, é certo!

❌ acabar com a curiosidade das crianças é simples. vamos NÃO seguir este guia? vamos!

 

[para ler o nosso guia, visite o perfil instagram da filocriatividade]

 

filosofia para crianças - formação

- pretende levar formação na área da filosofia para crianças e jovens à sua escola ou biblioteca esc

desde 2008 que a filocriatividade desenvolve acções de formação para professores, educadores, professores bibliotecários e demais agentes educativos. nesse sentido, preparei três formações que podem viajar até à sua escola e/ou biblioteca escolar ou centro de formação.

 

que acções são essas? 

* Os porquês da palavra porquê - o que é a filosofia para crianças e jovens?

* Fazer da criatividade um hábito - mapas mentais e chapéus às cores em sala de aula

* Ler para perguntar, perguntar para ler - o que são livros perguntadores?

 

qual é a duração de cada acção?

a duração das acções é ajustada às necessidades do grupo. 

consoante a duração das acções (3h, 6h ou 9h) os conteúdos serão mais ou menos aprofundados e haverá mais ou menos possibilidade de fazer exercícios que permitam aos formandos apropriar-se das ferramentas. 

 

estas acções podem ser acreditadas junto do centro de formação?

sim, as acções podem ser acreditadas. 

 

as acções são online ou presenciais? 

as acções podem acontecer no formato presencial ou online. na opção online podemos trabalhar de forma síncrona e/ou assíncrona. é uma questão de conversarmos e ajustarmos "o fato à medida". 

 

como posso saber mais? 

basta que envie um e-mail para joana@filosofiaparacriancas.pt ou que me contacte através das redes sociais. 

 

 

 

educação pós-pandemia

1.png

Desde que a pandemia COVID-19 começou temos tido a preocupação de criar novas soluções, ferramentas e recursos de apoio às escolas neste processo de rápida adaptação.

Embora todos tenhamos dado o nosso melhor, sabemos que este momento teve muitos impactos nas escolas, professores e alunos e que é preciso refletir-se sobre quais as oportunidades e soluções que podem ser agora colocadas em práticas.

"Educação Pós Pandemia: Um guia para desafiar as escolas" é o resultado do trabalho colaborativo realizado com diferentes especialistas, personalidades e intervenientes no processo educativo que com o seu testemunho contribuem para uma reflexão informada e esclarecida.

Brevemente, o livro estará disponível com o ambição de poder ser um contributo para a reflexão.

Sérgio Ferreira Félix, Adelino Calado, Mafalda Almeida Ribeiro (EDThink)

 

 

world play day - dia mundial do brincar

jogar.jpg

brincar é um direito e está contemplado no artigo 31.º da Convenção sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas. 

o jogo é um dos meus recursos preferidos nas oficinas de filosofia, com crianças e jovens. e muitas vezes são as crianças com quem trabalho que sugerem jogos, como o "verdade ou consequência da filosofia".  este foi. um jogo criado em conjunto com um grupo de alunos com o qual trabalhei há uns anos, em contexto de AEC (trabalho de continuidade).

 

“A aula é um jogo, um jogo em que os pensadores, professor e alunos, jogam numa comunicação que se não existir anula completamente o objetivo do próprio ensino." (Gabriela Castro) 

 

brincar permite aprender, interagir, criar, escolher, imaginar, pensar... e filosofar! 

 

no livro Um compromisso ético com a educação, o professor José Pacheco refere o lado do jogo e o exercício do brincar, como atitudes essenciais na relação entre o tutor e o aluno. essas atitudes enquadram-se no paradigma desejável na educação: um paradigma de comunicação, através do qual aprendemos na intersubjetividade, mediatizados pelo objeto de estudo e pelo mundo. 

 

queres saber? pergunta. (dissertação de mestrado - Joana Rita Sousa, Out. 2019)

 

 

World Creativity Day - dia mundial da criatividade

- sugestões #filocri

celebra-se hoje o dia mundial da criatividade e esta faz parte do meu projecto desde o 1.º momento, tendo sido nesta área que realizei a minha investigação no mestrado em filosofia para crianças. 

ao longo dos anos tenho lido bastante sobre o tema, para poder desenvolver-me enquanto profissional e acima de tudo enquanto pessoa. hoje, a criatividade já faz parte da minha vida e do meu dia-a-dia.

há autores que me acompanham diariamente e que são as minhas grandes referências na área da criatividade: Edward de Bono, Robert Fisher, Angélica Sátiro, Keri Smith, Tony Buzan - e outras pessoas que não têm publicações na área: as crianças e os jovens com quem tenho a oportunidade de trabalhar. as pessoas com quem dialogo e com quem trabalho, seja na área da filosofia, seja na área da comunicação e marketing.

 

2.png

 

a criatividade é uma prática diária e por vezes a ideia criativa surge quando nos desviamos do caminho planeado, criando atalhos. falo disso neste artigo motivos para ter um unicórnio em cima da mesa de trabalho.  

 

aqui no blog tenho partilhado algumas ideias que me vão surgindo a partir da leitura de livros infantis, das sugestões das crianças, daquilo que observo à minha volta.

 

a prática da criatividade tem esse efeito: o treino constante faz com que estejamos disponíveis para acolher inspiração a qualquer momento como por exemplo através de um limão muito torto e algo "desfigurado" que o vizinho me oferece.

 

e por aí? que hábitos já criou para cultivar a curiosidade? 

 

 

continuamos a pensar DENTRO da caixa e a desafiar a criatividade

Copy of Copy of 3.ª edição 14 e 16 de Julho 1inscrições abertas para a 3.ª edição das oficinas de criatividade:

pensar DENTRO da caixa - 14 e 16 de Julho 18h30-21h30 [online]

iniciativa: Bertrand Livreiros

 

(UPS! ESGOTADO!)

 

4.ª edição: 28 e 30 de Julho 18h30-21h30  [online]

inscrições abertas junto da Bertrand Livreiros 

formação: filosofia para crianças e jovens e criatividade

facebook-cover.png

 

- Palavras ao acaso - ferramentas para pensar 


02 de julho, quinta, 18h às 20h [online]
[para professores, educadores, bibliotecários e agentes educativos - 10€]

 

inscrições limitadas | solicite mais informações preenchendo este formulário.

 

 

 

comunicação na Universidade de Sevilha

81701495_3409767505760584_517729827604660224_o.jpg

 

"Una comunidad de investigación filosófica que hace preguntas es una comunidad que promueve la creatividad, valora la diversidad, donde se permiten preguntas inusuales, donde se pueden hacer nuevas asociaciones y conexiones, donde las ideas se pueden representar de manera diferente, ya sea en video, con imágenes o nuevas palabras, incluso."

 

- a convite do professor José Barrientos-Rastrojo tive a oportunidade de partilhar um pouco da minha prática e da minha investigação académica, na área da criatividade e filosofia para crianças, com alunos da área da educação de infância. 

 

 

 

 

Mais sobre mim

O que faço?

Filosofia é coisa para miúdos

Fórum na Revista Dois Pontos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub