Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

19 de Outubro, 2014

"professora, posso mesmo fazer todas as perguntas que quero?"

joana rita sousa

tumblr_ndjzfyyKca1qhzqx6o1_500.jpg

 

claro que podes, respondi.

os meninos do 1º/4º anos quiseram fazer uma aula só de perguntas, para recolher e guardar na nossa caixa da filosofia. rapidamente se organizaram para que os meninos do 1º ano trabalhassem em grupo com os do 4º. 

uma das meninas veio ter comigo e perguntou: professora, tenho uma pergunta que se calhar é assim um bocadinho... parva. posso fazer à mesma?

se é importante para ti, podes, respondi.

 

partimos do princípio que não há perguntas estúpidas. podemos fazer todas as que quisermos - e depois investigamos aquelas que acharmos mais interessantes. qual é o "risco" que corro com este pressuposto? o de encontrar perguntas tão diferentes como

- porque é que existimos?

- porque é que os porcos fazem cocó?

- porque é que existe o amor?

- mas porque é que os números nunca acabam?

- porque é que existe o sexo F e o sexo M?

- porque é que os macacos se baloiçam tanto?

 

a investigação segue dentro de momentos 

2 comentários

Comentar post