Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

07 de Julho, 2023

Por exemplo, uma rosa

um livro de Ana Pessoa e Madalena Matoso

joana rita sousa

WhatsApp Image 2023-07-07 at 14.48.58.jpeg

 

uma leitura dialogante 

Existe um recurso que me ajuda muito a pensar durante os diálogos filosóficos e que se chama "exemplo". Dou por mim a pedir e a dar exemplos com muita facilidade, pois considero que nos ajudam a tornar mais concretas as nossas ideias. Na proposta Thinking Moves (de Roger Sutcliffe) há um movimento de pensamento que se denomina precisamente de EXEMPLIFY:

Examples tie general ideas into specific experience. If we want learners to manage their learning, we should encourage them to think on their own examples. (Thinking Moves, p. 52)

 

E a rosa é exemplo de quê? 

 

as coisas, a linguagem, o sentido

O livro inicia com o espanto de que há coisas, muitas coisas. Essas coisas, essas muitas coisas, têm formatos diferentes, fazem coisas diferentes, umas magoam, outras balançam, outras são matrioskas de outras coisas. O que as une? Têm um nome e por haver tantas coisas, há tantos nomes e tantas palavras. 

E a rosa é exemplo de quê? A rosa é um exemplo de uma palavra que designa várias coisas muito diferentes e até de alguém que nos é muito querido. 

Neste livro, Ana Pessoa e Madalena Matoso convidam-nos a pensar nas palavras: no seu sentido, no seu tamanho, nas suas diversas aplicações. 

As palavras designam tudo o que existe e existiu, tudo o que imaginamos e também as coisas que parecem nem existir porque não as conseguimos ver, ouvir ou cheirar. 

As ilustrações acompanham o ritmo do texto e são exemplos de sentido para as palavras que são exemplos de palavras (como por exemplo, a rosa). As cores usadas são fortes e o traço  faz lembrar os trabalhos com marcadores transformam o virar da página numa viagem agradável pelo(s) sentido(s) da(s) palavra(s) - e do mundo (o de todos ou o de cada um?). 

 

dialogar com outros livros 

Há livros cuja leitura me faz saltar da cadeira e ir à estante para dialogar com outros livros. Livros com livros lá dentro - será que esta expressão diz bem o que quero dizer? 

Ler Por exemplo, uma rosa permitiu-me viajar até às minhas aulas de filosofia da linguagem, ao querido filósofo Wittgenstein e também à querida filósofa Hildegarda de Bingen

Por outro lado, fez-me pensar nas questões da identidade (filosofia da mente). O meu nome diz quem eu sou? Se eu mudasse de nome, deixaria de ser eu? 

 

por exemplo, uma oficina de filosofia sobre identidade

Ainda há umas semanas surgiu precisamente essa pergunta (Se eu mudasse de nome, deixaria de ser eu?)  numa oficina de diálogo com o jardim de infância (grupo de 3 e 4 anos).

Depois da oficina, já em casa, voltei ao livro Por exemplo, uma rosa.

Eis algumas perguntas que me inquietaram:

Se souberes o meu nome podes dizer que me conheces?

Saber que uma coisa é uma rosa permite-me dizer que conheço aquela coisa? 

Se eu mudar o nome as pessoas deixam de me conhecer? 

Serei outra pessoa com outro nome? 

É possível ter um nome só meu?

Há nomes únicos?

O que tenho em comum com as outras joanas? E de diferente?

 

Há livros assim: que nos provocam o pensar e o perguntar, que nos acompanham em diálogos inesperados e aos quais regressamos para nos permitirmos a voltar a pensar, a voltar a perguntar. "Por exemplo, uma pergunta".

*

sobre o livro: Por exemplo, uma rosa - autoras: Ana Pessoa e Madalena Matoso - edição da Planeta Tangerina (2023). 

 

 

[se pretende comprar este livro considere fazê-lo na wook, entrando na livraria online através do meu link afiliados. desta forma está a apoiar a filocriatividade e os conteúdos que aqui partilho. obrigada.]