Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

04 de Outubro, 2022

o dstgroup e a filosofia - uma relação de amor à sabedoria

joana rita sousa

310368692_2833623156782637_8179075889729678708_n.j

(imagem: facebook dstgroup)

 

"A Filosofia não tem merecido, por parte das diversas organizações, das empresas e das instituições, o acolhimento que lhe deveria ser dado. (…) No entanto, é a disciplina mais bem preparada para esta missão pedagógica. Uma empresa que se deixe impregnar pelo sentido crítico, pelo questionamento, pelas inquietações dos grandes filósofos e que, a partir deles, coloque as questões certas para cada problema, para cada desafio, produzirá, certamente, com outra qualidade e será uma empresa que contribuirá para transformar o nosso planeta num mundo mais humano, mais vivível, mais pacífico, mais feliz e habitável para todos”, sublinha José Manuel Martins Lopes, diretor da FFCS. (via ECO)

 

depois de ser notícia em 2020 com a disponibilização de uma pós-graduação em filosofia para os seus trabalhadores, a empresa dstgroup volta a apostar na filosofia como eixo de formação.

“Os trabalhadores precisam de ferramentas para construírem soluções de vida boa e virtuosa. A filosofia treina, dá elasticidade ao pensamento e apura o sentido crítico. Permite ganhos de liberdade e de responsabilidade maiores e com estes ganhos a competitividade pessoal e coletiva aumenta. Decidimos pela formação de filosofia porque dependemos da criatividade dos nossos trabalhadores”, garante José Teixeira, presidente do Grupo DST. (via O Minho)

 

sou uma forte adepta da presença da filosofia nos mais diversos espaços, incluindo as empresas.

considero que esta oferta formativa será certamente enriquecedora para os seus trabalhadores, enquanto pessoas que trabalham e, sobretudo, enquanto pessoas humanas. 

 

"Quero que os meus trabalhadores sejam o mais cultos e cosmopolitas possível, para haver coerência neste ethos empresarial, nesta personalidade empresarial. Ser eu sozinho, era uma fraude. É evidente que me dá muita paz e me faz dormir bem, ver que esta cultura – da dúvida, da inquietação, da beleza, da leitura – se vai propagando e ocupando cada vez mais espaço e território. ” José Teixeira Presidente do conselho de administração do dstgroup (via ECO)

 

leia o mais recente artigo no Público de 16 de Outubro: "Há uma empresa de construção que dá aulas de Filosofia aos trabalhadores para ser mais competitiva"