Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

19 de Janeiro, 2019

é verdade ou não é verdade? - aventuras do filosofar no jardim de infância

joana rita sousa

de volta ao jardim de infância: toca a sentar, no chão ou nas cadeiras, em roda para que todos nos possamos ver.

às vezes há um amigo que se chega para a frente e deixamos de ver o que está a acontecer ao centro. a curiosidade, essa, é muito. e a pergunta que ficou no ar, na sala dos 3/4 anos: o que é verdade e o que não é verdade? através de um jogo, tivemos de ler (*) e dizer se é verdade ou não é verdade. 

2019-01-09 10.58.42-1.jpg

 

2019-01-09 10.44.47.jpg

 

na sala dos 4/5 anos continuamos em roda e "à volta" com as ideias tontas e as ideias normais. desta vez o exercício foi abandonar os desenhos e trabalhar só com "palavras que saem da nossa boca". estivemos concentrados neste trabalho, pegando numa ideia normal e transformando-a em tonta. e ao contrário também. 

está a ser uma caminhada longa e não temos pressa em abandonar o caminho. não temos pressa. seguimos, passo a passo, na descoberta das ideias e dos conceitos que nelas habitam. 

"uma ideia tonta é: as pernas estão na cabeça e o cabelo está nas pernas."

e por que é que isso é uma ideia tonta?

"não costumo ver isso. costuma ser o cabelo na cabeça e as pernas na barriga"

 

2019-01-09 11.44.31.jpg

 

para acompanhar o trabalho no jardim de infância 2018/2019:

oficina #1

oficina #2

oficina #3

oficina #4

oficina #5

oficina #6 

 

* o jogo é composto de frases, escritas com palavras e com as imagens. sim, as imagens também se podem ler e quanto às palavras... há alguém que pode ajudar, na sala)