Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

03 de Maio, 2022

a perguntologia - ou o estudo (e a arte) de fazer perguntas

joana rita sousa

fotografia de pessoa a olhar para cima, com a mão no queixo

a perguntologia 

no livro The Book of Beautiful Questions, Warren Berger assume-se como um questionologist:

You may be asking yourself: Is that really a thing? I asked myself that very question a few years ago. Then I did some research, which turned up hundreds of different types od "ologists", ranging from the acarologist (who studies ticks and mites) to the zoologist. But searching among the Qs, I found no entry for "questionlogist." And this led me to inquire, Why not? Isn't the study of questions as worthy of classification as the study of ticks and mites? 

My questioning then advanced from the "Why not?" to the "What if?"  stage - as in, What if I just declared myself a questionologist? I did so in, among other places, the pages of the New York Times. And to my surprise, no one questioned it. 

Warren Berger é um dos autores que me tem inspirado a trabalhar e a investigar as perguntas, além de outros que têm uma ligação íntima à filosofia (o Sócrates dos diálogos platónicos, por exemplo). inspirada no seu trabalho, adoptei a designação perguntóloga, pessoa que estuda e investiga as perguntas. 

esta investigação é todo um work in progress e por isso procuro juntar-me ou criar comunidades onde possa praticar aquilo que vou estudando e encontrando nas leituras que faço e nos exercícios que crio. 

 

o #ClubeDePerguntas

o #ClubeDePerguntas foi pensado para que as pessoas possam treinar a arte de fazer perguntas. parece natural isto do perguntar, porém todos temos a sensação de já ter feito uma pergunta de forma desajustada.

seja no contexto pessoal ou profissional, a pergunta é uma porta de entrada para algo mais. perguntamos para saber, para confirmar, para esclarecer, para propor... só para chatear?

no #ClubeDePerguntas há desafios mensais para que possamos experimentar a geração de perguntas e contemplar o que perguntam as perguntas.

qualquer pessoa pode participar no #ClubeDePerguntas. há lugar a  subscrição mensal.

(e quase 2 anos depois posso dizer que os desafios foram sempre diferentes, esse é o meu desafio criativo.)

venha daí juntar-se a um grupo de pessoas curiosas e perguntadeiras: subscreva o #ClubeDePerguntas. 

 

 

 

 

Pág. 3/3