Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

gigantes invisíveis - encontro literário para os mais novos leitores

19 e 20 de junho de 2021, em Ovar

1.png

A partir do mundo gigante dos livros, este festival interage com vários formatos da literatura contemporânea para crianças. A partir de um espetáculo de teatro, música, dança, imagem ou uma performance, descobrimos um livro.

Um encontro para o impulso linguístico interdisciplinar, que vai dos livros às oficinas, às conversas, às artes plásticas e às artes performativas contemporâneas para crianças. É nas diversas etapas desse mágico e misterioso encontro entre a crianças e os Gigantes Invisíveis, que encontramos novas linguagens interativas, sempre a partir do livro.

O encontro literário Gigantes Invisíveis é já uma referência na literatura e nas artes contemporâneas para crianças em Portugal, estando destacado como um dos eventos mais originais do panorama literário português para a infância. Realizadas já seis edições no concelho de Ovar, com uma primeira edição realizada em Timor-Leste em 2016, uma edição na Guiné-Bissau em 2017.

 

vou estar presente no dia 20 de junho, com uma oficina de filosofia. 

consulte o programa completo AQUI!

 

 

podemos pensar a partir de uma régua?

nosso_filho.png

Pensar sobre o pensamento

Nas oficinas de filosofia que dinamizo , de forma presencial ou online, guardo os minutos finais para pensarmos sobre o trabalho de pensamento que fizemos. Uma das formas de fazer este trabalho de olhar para trás e pensar sobre o que estivemos a pensar passa por apresentar ao grupo um conjunto de objectos que vão ajudar-nos a explicar o que aconteceu na oficina. Há crianças que associam o objecto a um momento da oficina, outras a um conceito que surgiu, outras a uma pergunta.

 

(artigo completo na revista O Nosso Filho

Virtual Event: Why Kids Are Good for Philosophy

188312681_10159159928373446_3352428514415505810_n.

"We often talk about why philosophy is good for kids, but why are kids good for philosophy? 

PLATO is proud to host a virtual panel discussion followed by a community conversation featuring:

Jana Mohr Lone, Director of the University of Washington Center for Philosophy for Children and author of Seen and Not Heard: Why Children’s Voices Matter

Megan Laverty, Associate Professor of Philosophy and Education at the Teachers College, Columbia University and co-editor of Gareth B. Matthews, The Child’s Philosopher

Maughn Gregory, Professor of Educational Foundations at Montclair State University, Director of the Institute for the Advancement of Philosophy for Children, and co-editor of Gareth B. Matthews, The Child’s Philosopher"

 

15 Junho às 19h Canadá / USA - 24h de Lisboa, Portugal 

more info at PLATO's website

pós-graduação em filosofia para crianças e jovens

- abertas as inscrições para a 4.ª edição

pg_fpcj_4_edicaojpg

👉 a 4.ª edição da pós-graduação em filosofia para crianças e jovens (b-learning) tem data de início marcada para 9 de outubro de 2021.

👉 as inscrições estão abertas.

👉. é com muito gosto que faço parte do corpo docente deste curso, assegurando as cadeiras de metodologias em filosofia para crianças e jovens e pensamento crítico / pensamento criativo.

👉 para mais info poderá contactar a Escola de Pós-Graduação e Formação Avançada da UCP 📩  epgfa@ucp.pt

 

👉 encontra informações detalhadas sobre o programa, conteúdos, inscrições >> AQUI 

sugestão: criar o seu diário de perguntas

 

sugestão: crie o seu diário de perguntas.

compre ou construa um caderno e diariamente registe uma pergunta.

na folha onde escreve a pergunta deixe um espaço livre.

no dia seguinte, escreva outra pergunta noutra folha.

durante 30 dias registe uma pergunta por folha.

no 31.º dia regresse à pergunta do 1.º dia e arrisque uma resposta.

continue a registar perguntas.

quando chegar ao dia 60 terá 60 perguntas e 30 respostas.

poderá criar um diário de perguntas individual, para a família ou na sua sala de aula (se for professor ou educador).

aceita o desafio?

partilhe a fotografia do seu diário de perguntas, nas stories  do instagram e faça tag à @filocriatividade para eu poder partilhar.

 

 

agenda #filocri em junho

1.png

junho marca o início do verão e traz consigo o final do ano lectivo 

 

o que reserva a agenda #filocri, no mês de junho? 

- no dia 5 há oficinas online para crianças e jovens (oficina do Platão e philoTEEN)

- no dia 8 inicia a oficina (para adultos) "baralhar e voltar a perguntar" - Uma oficina para praticar a arte de pensar de forma clara e distinta [online - Bertrand Livreiros]

- nos dias 14 e 28 de junho há cafés filosóficos, às 18h30  [online - Bertrand Livreiros]

- no dia 16 de junho tem início a oficina "como gerir uma reunião eficazmente" [online - Bertrand Livreiros]

- no dia 26 de junho há oficina [presencial] de perguntas para famílias no Centro Cultural Malaposta

- no dia 27 de junho há Clube de Leitura em Voz Alta #filocri [online, às 11h15]

 

👉 continuam as oficinas "a perguntar é que a gente se entende" e "filosofia para crianças - pensamento crítico" (em parceria com a Bertrand Livreiros). 

👉 continuo a treinar a filosofia e o pensamento,  participando em diálogos filosóficos e no Clube das Juremas (iniciativa INÉF) 

👉 estou a preparar o VI sentir pensamentos | pensar sentidos, na companhia da Celeste Machado 

 

*

 

⚠️ as oficinas de filosofia (para crianças e jovens) regressam em julho. para ficar a par das novidades e da agenda convido-o/a a subscrever a newsletter (envio ao domingo de manhã). 

 

 

livros perguntadores - recomendações #filocri e #pnl2027

em fevereiro deste ano lancei um desafio aqui no blog e no instagram no sentido de partilharmos #livrosperguntadores. 

 

o que é um livro perguntador? como identificar um livro perguntador? 

há muitos livros que carregam perguntas: no seu interior e até na capa. nesse sentido, valem livros com perguntas na capa e também livros que carreguem perguntas lá dentro. 

perante um livro perguntador é natural que surjam... perguntas! perguntas que trazem outras perguntas, a saber: 

- a pergunta é importante para si? 

- o livro criou-lhe uma pergunta? qual?

- essa pergunta tem resposta?

- uma pergunta precisa de um ponto de interrogação? 

 

em março juntei-me com a Júlia Martins, da equipa PNL2027, no instagram, para fazermos um directo com recomendações de #livrosperguntadores. foi desta forma que a filocriatividade participou nas comemorações da semana da leitura

 

há que recordar o primeiro encontro com a Júlia Martins, no instagram, que aconteceu no dia 20 de Novembro de 2020, a propósito das comemorações do Dia Mundial da Filosofia. na altura reunimos recomendações de livros filosoficamente provocadores. e já nesse dia sentimos dificuldade em escolher os livros e em parar de seleccionar e recomendar. era inevitável voltar a fazer directos deste tipo, com recomendações de leitura. 

 

ontem voltámos a entrar em directo no instagram para partilhar #livrosperguntadores e assim assinalar o dia mundial da criança. poderá ver ou rever o vídeo na IGTV. as sugestões que fizemos vão ser partilhadas nos próximos dias, aqui no blog e no instagram. 

 

instagram.jpg

 

uma nota: eu e a Júlia não partilhamos a selecção de livros previamente. portanto, é uma descoberta para ambas! e já houve momentos em que escolhemos os mesmo livros, sim. mas são raros! 

vou preparar as publicações com as fotografias dos livros que recomendámos ontem. são muitos e tão perguntadores!

até lá, acompanhe a filocriatividade por aqui e no instagram, bem como o portal PNL2027 (aqui encontra recomendações de livros para todas as idades!). 

*

se gosta de ler e gostaria de fazer parte de um Clube de Leitura, participe num dos Clubes apoiados pelo PNL2027: o Clube de Leitura em Voz Alta #filocri é um deles!

 

 

 

 

 

 

 

 

"joana, estamos sozinhos!"

throwbacks.png

contexto: uma oficina de filosofia no jardim de infância, na sala dos 4 / 5 anos. tratava-se de um trabalho de continuidade e o grupo já me conhecia. a educadora preparava um cantinho muito confortável para a filosofia, com almofadas em roda e uma manta. por vezes a educadora e a auxiliar juntavam-se na roda, outras vezes não. porém, estavam sempre na sala, pelo menos uma delas ficava sempre connosco para dar apoio e para acompanhar os trabalhos.

numa das minhas visitas habituais, a meio da oficina, a educadora fez-me sinal e saiu da sala para ir tratar de um assunto. a auxiliar ficou connosco. a dado momento alguém bateu à porta e a  auxiliar foi ver do que se tratava. quando abriu a porta deixámos de a ver. a auxiliar saiu do nosso campo de visão. 

perante este cenário, um dos pimpolhos olhou em volta, arregalou os olhos e disse meio a sussurrar: "joana, joana! estamos sozinhos".

o que senti? foi como se eu fosse "uma das crianças", uma das pessoas do grupo de crianças e não um adulto que orienta, toma conta e faz o seu papel (como a educadora ou a auxiliar).

"joana, estamos sozinhos!" - joana, não há nenhum adulto para tomar conta de nós. temos de tomar conta de nós sozinhos. a sala ficou só com crianças.

e eu fiquei surpreendida com esta fala da criança e, ao mesmo tempo, orgulhosa. para mim este momento é uma espécie de medalha, de momento assinalável. aquela criança reconheceu-me como alguém que não faz uso da hierarquia e está ali, tal como as crianças, disposta a conhecer o mundo, a fazer perguntas e a arriscar respostas. é esse o ambiente que procuro criar numa comunidade de investigação filosófica, de que cada um de nós se encontra disponível a praticar o espanto, a investigar, a errar, a arriscar, a pensar - em conjunto. 

 

Mais sobre mim

O que faço?

Filosofia é coisa para miúdos

Fórum na Revista Dois Pontos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub