Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

>> oficinas de filosofia, para crianças, jovens e adultos >> formação para professores e educadores (CCPFC) >> nas redes sociais: #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

filocriatividade | filosofia e criatividade

>> oficinas de filosofia, para crianças, jovens e adultos >> formação para professores e educadores (CCPFC) >> nas redes sociais: #filocri | #filopenpal | #FilosofiaAoVivo

world play day - dia mundial do brincar

jogar.jpg

brincar é um direito e está contemplado no artigo 31.º da Convenção sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas. 

o jogo é um dos meus recursos preferidos nas oficinas de filosofia, com crianças e jovens. e muitas vezes são as crianças com quem trabalho que sugerem jogos, como o "verdade ou consequência da filosofia".  este foi. um jogo criado em conjunto com um grupo de alunos com o qual trabalhei há uns anos, em contexto de AEC (trabalho de continuidade).

 

“A aula é um jogo, um jogo em que os pensadores, professor e alunos, jogam numa comunicação que se não existir anula completamente o objetivo do próprio ensino." (Gabriela Castro) 

 

brincar permite aprender, interagir, criar, escolher, imaginar, pensar... e filosofar! 

 

no livro Um compromisso ético com a educação, o professor José Pacheco refere o lado do jogo e o exercício do brincar, como atitudes essenciais na relação entre o tutor e o aluno. essas atitudes enquadram-se no paradigma desejável na educação: um paradigma de comunicação, através do qual aprendemos na intersubjetividade, mediatizados pelo objeto de estudo e pelo mundo. 

 

queres saber? pergunta. (dissertação de mestrado - Joana Rita Sousa, Out. 2019)

 

 

colecções de perguntas

simone-secci-49uySSA678U-unsplash.jpg

a Lani Watson disponibiliza no seu website uma colecção de perguntas, ou melhor, várias colecções de perguntas. 

por sua vez, o Kavin Wadhar apresenta 101 Questions for Kids That Will Get Them Talking and Thinking [all open-ended]. 

 

aproveito para lhe perguntar: gosta de perguntas? usa ponto de interrogação no final?

gostaria de aprender mais sobre a arte de fazer perguntas? junte-se ao #ClubeDePerguntas durante o mês de Junho.

em alternativa, participe nesta oficina [online]  "baralhar e voltar a perguntar".

 

boas perguntas! 

 

"Mais l’étonnement ne suffit pas au philosopher."

 

"Mais l’étonnement ne suffit pas au philosopher. La philosophie est un travail, un chemin, difficile et complexe. Je ne dirais donc pas qu’on naît philosophe, mais qu’on le devient ! Il s’agit de saisir ce moment de l’étonnement pour commencer un apprentissage qui pourra durer tout au long de vie (« on n’est jamais ni trop jeune ni trop vieux pour philosopher », disait déjà Épicure). Je dis souvent que ce n’est pas parce que la philosophie serait facile (on discute ensemble d’un sujet) qu’on peut philosopher avec des enfants, mais que c’est parce que c’est difficile (de forger notre esprit critique) qu’il faut commencer tôt. Toutes les recherches montrent que la philosophie avec les enfants (dans les écoles notamment) n’a des effets, porte ses fruits, qu’avec beaucoup de patience et de régularité. Cette pratique est très ambitieuse et comme toute pratique ambitieuse, elle demande du travail, de la patience et de la régularité." 

 

Edwige Chirouter

P4C e perguntas | FpC e perguntas

chatp4c.png

hoje no twitter vamos falar de filosofia para crianças e de perguntas. a convidada desta edição do #chatp4c é Lani Watson.

Lani has a special interest in the way we use questions to learn and argues that good questioning is a vital skill that should be taught in schools. She uses philosophy, educational theory and experimental psychology to argue in support of teaching the skill of good questioning as well as the intellectual virtues of curiosity and inquisitiveness.

 

para participar num twitter chat basta seguir a #. recomendo o uso de uma plataforma chamada tweetdeck para facilitar a visualização da dinâmica.

sou fã de twitter chats (criei o #twitterchatpt em dezembro de 2018) e são uma das melhores formas para aprender, para conhecer membros da comunidade, para partilhar saber e para fazer perguntas. 

o #ChatP4C tem versão em inglês e em português. 

a moderação está a cargo da Jane Yates e da Gina Parker Mullarkey. 

 

pode consultar o link para os resumos das edições anteriores neste artigo.

encontramo-nos no twitter? 

Clube de Leitura em Voz Alta #filocri - IV encontro [online]

II encontro Clube de Leitura em Voz Alta #filocri

 

hoje aconteceu o IV encontro do Clube de Leitura em Voz Alta #filocri (apoio PNL2027). 

eis as leituras que fizemos:

- O livro da família, de Todd Parr (editora Zero a Oito) [recomendação PNL2027];  

- um poema da Luísa Ducla Soares;

- Truz truz, de Natalina Cóias e Paulo Galindro (editora Minotauro);

- A Estrela de Laura, de Klaus Baumgart (editado pela Minutos de Leitura) [recomendação PNL2027];

- Eu e o meu medo, de Francesca Sanna (editora Fábula) [recomendação PNL2027];

- Amélia quer um cão, de Tim Bowley e André Neves (editora Kalandraka);

- Selma, de Jutta Bauer (editora Gatafunho).

 

muito obrigada pela disponibilidade para ler e para escutar as leituras. o "perigo" deste Clube de Leitura é o de ver a minha "lista de desejos" a aumentar. 

 

o Clube de Leitura em Voz Alta #filocri [online] é um clube para miúdos e graúdos. pode participar em família ou individualmente. hoje até o Félix (o meu cão) participou e veio dizer olá a quem esteve presente!

o Clube regressa no dia 27 de Junho, às 11h15. pode inscrever-se AQUI.

 

 

 

Sentir Pensamentos | Pensar Sentidos - VI encontro de filosofia para crianças e criatividade

3 de Julho 2021 [online]

 

Sentir Pensamentos Pensar Sentidos VI.p

 

realiza-se no dia 3 de Julho de 2021, sábado, em formato online o Sentir Pensamentos | Pensar Sentidos - VI Encontro de Filosofia para Crianças e Criatividade. a organização está a cargo de Celeste Machado e Joana Rita Sousa, que se dedicam à investigação e à prática na área da filosofia para crianças. 

 

“sentimos que em Portugal há lugar para estes encontros em torno da filosofia para crianças e da criatividade. há várias pessoas ligadas à educação que desenvolvem trabalho nestas áreas e tem todo o sentido criar um tempo e espaço para nos conhecermos e para partilharmos experiências.”, afirma Joana Rita Sousa.

 “uma das competências que trabalhamos no âmbito da filosofia para crianças é o pensamento colaborativo, o ser e estar em comunidade, o que reforça ainda mais a vontade de organizar estes encontros. pretendemos, eu e a Celeste, abrir uma janela para a colaboração. desta vez é uma janela em forma de écran, pois o encontro acontece em formato online.”, acrescenta Joana Rita Sousa, filósofa e mestre em filosofia para crianças. 

 

👉 o programa para o dia 3 de Julho de 2021 encontra-se em construção e será divulgado nos canais do projecto filocriatividade  (instagram) e no facebook, na página com o nome do evento: Sentir Pensamentos | Pensar Sentidos.

 

 

como encorajar a curiosidade dos seus filhos?

- a partir de Robert Fisher, Teaching Children to Think e Unlocking Creativity

curiosidade.png

eis algumas frases que promovem o ambiente criativo junto dos seus filhos - ou dos seus alunos!

tome nota: 

 

que ideia tão interessante! podes falar-me mais disso? 

como é que chegaste a essa conclusão?

já pensaste noutras maneiras de fazer isso?

achas que é possível fazer isso de outra maneira?

ok, experimenta. se precisares de ajuda, chama-me.

olha que boa pergunta!

 

também o ambiente pode ser um provocador de criatividade. escrevi sobre isso no artigo motivos para ter um unicórnio em cima da mesa de trabalho. aproveito para partilhar outras sugestões de Fisher - além do unicórnio em cima da mesa. a saber: 

- deixar algo fora de sítio de propósito, num dado espaço da casa ou da sala de aula;

- deixar mensagens dentro das mochilas, dentro da gaveta das meias, que provoquem a curiosidade;

- fazer ou vestir algo que fuja ao padrão da educadora ou do pai de forma a inspirar as crianças a perguntar "porquê"?.

 

no livro Unlocking Creativity, Robert Fisher refere-se ao capital criativo, que o autor descreve como a soma dos recursos necessários para realizar uma tarefa.

no que respeita ao pensamento criativo é necessário o eu criativo, o ambiente criativo e a parceria criativa. acrescento eu: o tempo e o espaço para o diálogo.

 

tem outras sugestões de perguntas que promovem o ambiente criativo? partilhe nos comentários!

P4C-AIM: Education for Hope with Philosophy

P4C-AIM: Education for Hope with Philosophy

"Video presented at The European Humanities Conference  (May 4th-7th 2021 Lisbon, Portugal) describing how Philosophy for Children can importantly contribute to the promotion of excellence of thinking and reasoning for a complete citizenship. P4C methodology offers a grounded sense of hope and freshness in thinking in cultivating collaborative thinking, rigor and the richness of pursuing specific questions."

check the full YouTube video 

a rã e o escorpião

 


A oficina do Platão partiu de uma proposta do livro "A Máquina dos Ses", de Peter Worley - The Philosophy Foundation, a história tradicional da 🐸 e do 🦂.


🐸 esta história é muito rica, pois levanta questões em torno da culpa, da responsabilidade, da mentira, da vontade, da natureza e da confiança. algumas das questões e observações levantadas pelas crianças traziam consigo estes conceitos.


🦂 Podemos culpar alguém?
🐸 Que relações há entre culpa e responsabilidade?
🦂 O escorpião poderia não ter seguido a sua natureza?
🐸 As palavras chegam para confiarmos em alguém?


🐸 em termos filosóficos esta proposta traz consigo questões trabalhadas por Aristóteles (os hábitos), Sarte (a liberdade) e Schopenhauer (a vontade).


🦂 já conhece a história da rã e do escorpião? o que faria se fosse a rã? o que faria se fosse o escorpião?

 

 

*

espreite aqui a agenda #filocri para saber quando acontecem as próximas oficinas de filosofia, para crianças e jovens 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

O que faço?

Filosofia é coisa para miúdos

Fórum na Revista Dois Pontos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub