Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatividade | filosofia e criatividade

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

oficinas de filosofia e de criatividade, para crianças, jovens e adultos / formação para professores e educadores (CCPFC) / mediação da leitura e do diálogo / cafés filosóficos / #filocri

17 de Outubro, 2014

"o que é o tempo?"

joana rita sousa

tumblr_ndg96atumm1qhzqx6o1_500.jpg

 

Na aula passada, a pergunta "o que é o tempo" ficou arrumada nas "perguntas que não sabemos a resposta, mas podemos vir a saber".
Entretanto, investigamos e percebemos que já tínhamos algumas hipóteses de resposta. Mudamos de ideias e tivemos que (re)arrumar a pergunta.

E sim, estivemos "só" a trabalhar uma das questões mais recorrentes da história da filosofia. 

 

Santo Agostinho, se precisares de ajuda, tenho um grupo de alunos do 2º e 3º ano prontos para te ajudar! 

17 de Outubro, 2014

hoje é dia de Gerador

joana rita sousa

gerador 2.jpg

 

já podem perguntar pela segunda revista mais linda do mundo: a primeira foi o #1 da Gerador. neste #2 partilho convosco um momento privilegiado ao qual tive oportunidade de assistir um café/chá entre La Féria e Eugénia Vasques.

o Café Central acolheu dois grandes nomes do teatro português. com muito amor à mistura! 

 

tumblr_nbdpxgygdX1qhzqx6o1_500.jpg

 

16 de Outubro, 2014

a investigação continua

joana rita sousa

tumblr_ndi2e6rWC31qhzqx6o1_500.jpg

 

desta vez, a pergunta foi "porque é que existem os morcegos?".

meninos e meninas a investigar hipóteses de resposta. até tivemos direito a explicação detalhada no quadro, em forma de desenho. "estou a falar da evolução das espécies", disse o G. 

podes explicar melhor? "sim". 

a dada altura alguém mencionou o seguinte "o homem descende do macaco. o macaco evoluiu até aos humanos". e o A. assinalou o seguinte: "se assim fosse, agora não havia macacos, só humanos".

 

a investigação segue dentro de momentos - entenda-se, nas próximas aulas. 

 

15 de Outubro, 2014

(r)evolução pacífica, como diria a professora Gabriela

joana rita sousa

tumblr_ndgicg1gwZ1qhzqx6o1_500.jpg

 

 

Cada vez mais me convenço que a filosofia (para crianças) é uma (r)evolução na educação. Uma revolução pacifica e como todas as revoluções gera incómodo e estranheza.

Nestas aulas, questionar é fundamental. De tal forma que até se permite que uma criança pergunte “porque é que eu tenho que vir à escola?”. Em vez de responder “que disparate, toda a gente sabe”, investigamos em conjunto os “porquês”.

 

Eu tenho as minhas razões para ir às escolas: por causa do R. que se senta ao meu colo e faz caracóis com o meu cabelo nos seus dedos e pela B. que diz que teve saudades minhas.