Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

no Diário de Notícias - Madeira

«A Deskprovider, uma empresa de prestação de serviços e apoio a congressos, promove nos dias 25 e 26 de Setembro dois workshops sobre o desenvolvimento cognitivo, afectivo e social das crianças.


O tema será apresentado por Joana Sousa, licenciada em filosofia com especialização em 'filosofia para crianças'.

“Nas sessões de 'filosofia para crianças' treinam-se os músculos do pensamento, questionando, reflectindo em grupo e assumindo posições”, lê-se na nota enviada às redacções.

“Face ao actual mundo competitivo e dinâmico do mercado de trabalho, importa repensar o conceito de aprendizagem no sentido de formar cidadãos aptos a enfrentar os desafios do seu tempo e simultaneamente capazes de projectar o futuro e lidar com a incerteza”, continua.

Os workshops terão lugar a 25 e 26, pelas 9h30, no Centro de Congressos e Exposições da Madeira.»



Fonte: dnoticias.pt

Filosofia para Crianças - testemunhos na primeira pessoa

«No ano passado a Filosofia chegou às crianças de Portalegre pelas mãos da Joana. E se já antes eu era uma convicta da urgência de ensinar a saber pensar, depois de assistir a esta oficina, percebi como é vital que as nossas crianças saibam pensar "out of the box", que vejam o mundo de outras perspectivas, de outras voz...es, de outras mentes.
O pensamento pode ser de muitas cores e a Joana tem os lápis certos para ajudar as crianças a pintar esse pensamento!
Fiquei com pena de não conseguir montar uma Escola de Filosofia em Portalegre, fiquei com pena de não poder levar a Joana para casa para me ensinar a promover diariamente o que ela promove numa hora.
E agora que vi que vai voar para a Madeira, fiquei com pena de não morar lá

testemunho partilhado pela Ana Cila, de Portalegre


[fotografia de Ana Cila]

O QUE É UM CAFÉ FILOSÓFICO

Um Café Filosófico é um encontro de filosofia num lugar público (não necessariamente um café) onde todos podem participar numa reflexão filosófica em grupo, independentemente da sua bagagem filosófica.

Os Cafés Filosóficos que organizamos procuram proporcionar uma pequena pausa para pensar, conviver e discutir educadamente temas do universo da filosofia.

Estes Cafés Filosóficos pretendem mostrar que a filosofia pode ser um exercício descomplexado de reflexão intelectual sem a carga de erudição e obscurantismo, muitas vezes associada à filosofia académica. Se, por um lado, é uma mais valia inestimável conhecer a história da filosofia e o que disseram (e dizem) os grandes filósofos, também é verdade que este conhecimento muitas vezes se substitui ao exercício do pensamento genuíno, que cada um de nós deve fazer por si.

Nos nossos Cafés Filosóficos não descuramos nenhum contributo intelectual vindo da história da filosofia que nos possa ajudar a avaliar os problemas que temos pela frente, mas favorecemos e valorizamos aqueles contributos que surgem espontaneamente no calor da discussão e que nascem do interesse e do esforço intelectual dos participantes. Apenas estes contributos genuínos e espontâneos permitem aqueles insights cognitivos que por vezes surgem num Café Filosófico e que imediatamente são reconhecidos por todos como verdadeiros “momentos filosóficos”. É fascinante ver surgir à nossa frente uma ideia ou um argumento fruto de uma mente genuinamente empenhada em pensar de forma autónoma e critica.

O que anima estas sessões de filosofia é um enorme gosto pela discussão educada e pelo confronto intelectual entre pessoas reais (o oposto do mero encadeamento de discursos e ideias em 2ª mão). Este sentimento faz-nos sentir únicos, despertos, numa palavra, vivos.

Venha pensar connosco!



Mais informações em: http://filosofiacritica.wordpress.com/
 
 
Se está no Porto, participe no 42º CAFÉ FILOSÓFICO



Clube Literário do Porto (R. Nova da Alfândega, 22, Porto) | 26 de Setembro às 17h30

as aventuras de S. no Palácio de Queluz

‘’..fui apanhar paus, sabes mamã!!!!’’


‘’e depois 'tava a pescar mas a água não tinha peixes – era a fingir!’’
(nos lagos)

‘’e gostei mais de apanhar paus!!!’’

‘’havia uma ribeira com sapos mas eles não estavam lá’’

‘’apanhei muitos paus, sabes?’’

‘’ e 'tava lá um boneco que não tinha cuequinhas, mamã!!’’

‘’os peixes deitavam água pelas bocas’’

‘’ e trouxe um pau e deixei-o ao pé das pedras’’
 
 
 
o S. vai fazer 3 anos no próximo dia 5 de Outubro

8º ENPF

ÉTICA, POLÍTICA E RELIGIÃO

Didáctica da Filosofia

Com comunicações de Stephen Law, da Universidade de Londres (c. tradução simultânea), Laura Ferreira dos Santos, (Universidade do Minho), Pedro Galvão (Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa), Roberto Merrill (CEHUM, Universidade do Minho), Carlos Pires (ES Pinheiro e Rosa, Faro), Paulo Barroso (Universidade do Minho), Carlos Café (ES Manuel Teixeira Gomes, Portimão), Paulo Renato Jesus (Universidade Lusófona do Porto), António Lopes (Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa/ES Portela), Helena Serrão (ES Luís de Freitas Branco, Lisboa) e Carlos Marques (ES Maria Amália Vaz de Carvalho, Lisboa).


Visitar http://www.spfil.pt/docs/8ENPF_desdobravel.pdf para mais informações sobre o programa e inscrições.
 
(via LEKTON)

o sentido da vida, por André (5 anos)





«O vaso é  o que dá a vida às flores.

As flores podemos arrancar para dar à mãe e ela ficar muito feliz.
Mas se arrancarmos as flores todas, a mãe ralha porque as flores murcham e não dão mais.
As flores podem ter várias cores como o arco-íris e o meu quarto.
As flores são muito bonitas ou feias, tal e qual, como as pessoas. Também são muito bonitas ou feias.
A terra da flor está no vaso e nós estamos no planeta, é preciso terra sólida para viver feliz.»

Obrigada à mãe Adelaide por ter participado e partilhado connosco o desenho e a explicação do André.

Passatempo Filo-Tralhas: Faço birra, logo desenho... e existo!

e o vencedor é...

André L.F. (5 anos)

o tema do seu desenho é «o sentido da vida»


iremos publicá-lo em breve!

e vocês...?
curiosos com o que o André escreveu e desenhou sobre este tema?
e o que têm a dizer sobre o sentido da vida?

[muito obrigada à Tralhas pela parceria neste passatempo. vamos contactar a mãe do André e preparar o envio da t-shirt]

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D