Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

"porquês" e "se eu fosse..."

Na sala dos 3/4 anos (Era uma vez) os nossos "trabalhos do pensar" levam-nos a investigar o que é "perguntar", o que é "responder" e o que é "dizer uma coisa". Descobrimos perguntas parecidas e algumas para as quais imaginámos uma resposta. E até houve quem mudasse de ideias: coisas de pequenos-grandes-filósofos! 
​N​a sala dos 4/5 anos (Castelo Encantado) o "Se eu fosse" transformou-se, agora, numa investigação pelas diferenças e semelhanças. É verdade, estamos à procura das razões para o "se eu fosse ..." e descobrimos que é possível querer muito ser um tubarão ou um morcego e apresentar a mesma razão para tal. Foi muito divertido e vamos continuar com este jogo, na próxima oficina de filosofia!

 

30726718_1790924324261140_8621079113555247104_n.jp

 

30738105_1790924190927820_2409185342604181504_n.jp

 

é sempre um gosto trabalhar com a rapaziada do jardim de infância. há espontaneidade, há aquele olhar genuíno de quem está a pensar numa coisa pela primeira vez.

tenho vindo a colaborar com a ACIJR, com oficinas mensais na sala dos 3/4 anos e dos 4/5 anos. com este trabalho de continuidade tem sido possível ver o pensamento destes pequenos-grandes-filósofos a "crescer", a amadurecer, a afinar questões lógicas e também a desafiar a lógica, com o recurso à imaginação.

 

 

na sala dos 3/4 anos os nossos "trabalhos do pensar" levam-nos a investigar o que é "perguntar", o que é "responder" e o que é "dizer uma coisa".

descobrimos perguntas parecidas e algumas para as quais imaginámos uma resposta.

e até houve quem mudasse de ideias: coisas de pequenos-grandes-filósofos!

 


​Nna sala dos 4/5 anos o livro "Se eu fosse" transformou-se, agora, numa investigação pelas diferenças e semelhanças.

é verdade, estamos à procura das razões para o "se eu fosse ..." e descobrimos que é possível querer muito ser um tubarão ou um morcego e apresentar a mesma razão para tal.

foi muito divertido e vamos continuar com este jogo, na próxima oficina de filosofia!

filosofia (para crianças), design thinking e muitos post-its

DaCj3n7WkAAFF6u.jpg

 o desafio? pensar a alice no país das maravilhas e o tema da identidade. 

a proposta? partir do mapa de empatia, uma ferramenta de service design que me foi facultada durante uma formação na flag, com o gabriel augusto

DaCj3nyWAAEpe_J.jpg

 viajamos pela história, para tentar ajudar a Alice a responder à pergunta "quem és tu?"

DaCj3oIX0AEdZ0C.jpg

 e depois? depois partimos em busca da nossa própria resposta. quem és tu, joana? quem és tu, vasco? quem és tu, ricardo? quem és tu, manel? 

 

 

"mas essa pergunta já foi feita!"

"porque é que os animais existem?" (I.) - foi o mote para um diálogo com um grupo de crianças (5/6 anos)

a partir dali verificámos diferenças e semelhanças entre animais e humanos até que surgiu outra pergunta:

"porque é que as girafas existem?" - perguntou a S. 
o G. levantou o dedo, rapidamente:
"mas essa pergunta já foi feita!"
ai sim? então...?
"quando perguntamos porque é que os animais existem também estamos a perguntar pelas girafas. as girafas estão dentro dos animais!"

 

tumblr_p715ysdRQs1qhzqx6o1_500.jpg

 

 

 

filosofia no jardim de infância

perguntas e respostas

tumblr_p715ysdRQs1qhzqx6o1_500.jpg

parece simples, mas é sempre um desafio, isto de me sentar no chão para filosofar com um grupo que não me conhece e que eu não conheço.

há regras para apresentar, há nomes para fixar, há palavras estranhas para "entranhar", como "filosofia". começamos com passos pequenos (e ao mesmo tempo de gigantes): exploramos o perguntar, a curiosidade, a resposta - e eis que, sem esperar, o diálogo acontece. o concordar, o não concordar. os "porquês". 

devagar, não temos pressa. 

 

[filosofia no jardim de infância]

na oficina do platão continuamos a filosofar sobre os grandes temas da humanidade

12  e 26 de Abril - às 18h, em Telheiras
 
Oficina do Platão 
 
> quinzenalmente, os pequenos-grandes filósofos sentam-se para perguntar e investigar o mundo que os rodeia. 
Centro Ser Mais, em Telheiras 
 
Facilitadora: Joana Rita Sousa | filocriatiVIDAde 
a partir dos 8 anos 
- inscrições e informações: geral@centrosermais.com  
 
 

27750526_1876052679132082_4610370305178411678_n.pn

 

 

vamos filosofar à volta da mentira? vamos!

7 de Abril - Porto - às 11h 
Livraria Bertrand Shopping Cidade do Porto 
 
 
21 de Abril - Lisboa  - às 11h
Livraria Bertrand Chiado 
 
Devemos dizer sempre a verdade?
 
 
> No mês em que se brinca ao dia das mentiras, vamos falar a sério sobre isso de não dizer a verdade. Ou será dizer a verdade de outra maneira? Uma forma de não magoar os outros? Todos dizemos que não se deve mentir, mas a verdade é que já dissemos... mentiras! 
 
para crianças entre os 6 e os 10 anos
informações: leitor@bertrand.pt 
 
 

19959254_10154895641091548_4433179424553357500_n.j

 

"porquê?"

 

o livro "Porquê?" é um dos meus preferidos para "treinar" o jogo dos porquês. serve, também, para exercitarmos algo tão simples como a diferença entre perguntar e dizer uma coisa.

estabelecemos a regra de que só podemos pedir a palavra se tivermos uma pergunta para "dar" aos amigos, ao grupo.

parece simples. é simples e difícil, pois muitas vezes confundimos as coisas que queremos dizer com as perguntas que em nós habitam. e isto não acontece só aos miúdos... também acontece aos graúdos!

 

Screenshot 2018-02-28 14.48.00.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D