Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

"joana, o que fazes?"

tumblr_p4i050O9pQ1qhzqx6o1_500.jpg

 

às vezes convidam-me para partilhar aquilo que faço em filosofia para crianças. e lá vou eu, de mochila às costas, com livros, jogos e também histórias para contar. histórias que recolhi do trabalho em AEC, do trabalho com os amigos do taekwondo, em jardim de infância e por aí fora.

 

10 anos 

são 10 anos de projecto, 10 anos com muitas viagens e kms que me levaram a conhecer crianças, jovens e pessoas crescidas curiosas com "isso" da filosofia. faial, funchal, são miguel, portalegre, lourinhã, famalicão, braga, nazaré, rio de mouro, sintra, palmela, carnide, santo antónio dos cavaleiros, alfragide, odivelas, benfica, lisboa, aveiro, madrid, porto e maputo - estes são alguns dos locais por onde o meu projecto filocriatiVIDAde já passou. 

neste processo houve muitos projectos, ideias que se transformaram em encontros de filosofia, desafios, trabalhos em parceria - e também coisas que ficaram pelo caminho. 

conheci pessoas que trabalham e investigam nesta área, um pouco por todo o mundo. troquei ideias, partilhei dúvidas e (poucas) certezas.

são 10 anos e muitas horas a criar e a recriar desafios que transformem o pensar num jogo, de forma a conquistar as crianças e os jovens para algo que muitos de nós associam ao castigo (agora ficas aí a pensar naquilo que fizeste!). 

 

parar para pensar

pensar é divertido. parar para pensar é um desafio, é ir contra a corrente. ninguém pára para pensar. não há tempo, estamos muito ocupados e há sempre algo mais importante para fazer. fazemos muitas coisas, estamos muito ocupados e não há tempo para nada. então, vamos criar tempo. vamos criar um tempo e um espaço para as crianças e os jovens praticarem o pensar. um ginásio do pensamento. vamos marcar um dia e uma hora para isso acontecer. vamos "só" pensar. fazer perguntas. alimentar a curiosidade.

e, sim, vamos sentir-nos inseguros. vamos fugir a perguntas (e a respostas) pois isso leva-nos a tomar consciência como sabemos tão pouco sobre nada, como andamos perdidos, como não temos tantas respostas para as perguntas que julgamos óbvias e que, por isso, deixamos de perguntar.  mas isto é como ir ao ginásio: nos primeiros dias de treino os músculos vão manifestar dor, desagrado e cabe-nos insistir, persistir - não desistir. 

 

22489976_1722609587809726_3183826361955827519_n.jp

 

afinal, somos muitos 

fiz uma pesquisa rápida no youtube com as palavras philosophy, philosophy for children. e encontrei estas talks de outros, loucos como eu, que se afirmam como filósofos e que andam por aí a "espalhar a palavra" e a filosofia para crianças (e jovens, e pessoas crescidas).

partilho convosco:

 

amy leask

leslie cazares

sara goering

pete worley

patrick gentempo

joana rita sousa (sim, eu!!!) 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que é o amor? ~ oficina de filosofia para crianças

 

27752001_10214010996641290_1338704856787498001_n.j

 

 

 

O QUE É O AMOR?

 

Podemos amar um amigo, os pais ou alguém que não conhecemos? 
Como é que sabemos que amamos alguém?
Amar é uma coisa séria ou é uma coisa que faz rir? 
Aliás, amar é uma coisa? É um sentimento?

Nas oficinas procuramos identificar problemas, sob a forma de perguntas, para investigar em conjunto. 
Podemos fazê-lo através da leitura de um texto ou de uma notícia de jornal, de uma situação vivida pelas crianças ou até de imagens, vídeos. Os recursos podem ser diversos e devem ser adaptados às idades das crianças com as quais vamos trabalhar. A partir daí, constroem-se condições para o diálogo, estabelecendo algumas regras, como por exemplo, para falar, pedimos a palavra (colocamos o braço no ar).

‘Costumo dizer que estas oficinas equivalem a um treino de ginásio: em vez dos músculos do corpo, trabalhamos os músculos do pensamento’ »

Joana Rita Sousa, Filósofa, facilitadora e formadora na área de filosofia para crianças e criatividade, desde 2008. (Filocriatividade - Filosofia e Criatividade)

 

 

Duração: 45 a 60 minutos | Para crianças dos 6 aos 10 anos
Valor inscrição: 10,00€
As inscrições deverão ser efetuadas, na própria livraria, até dois dias antes da data do evento.

Informações: leitor@bertrand.pt

 

 

 

dia 17 de Fevereiro, sábado, às 11h

na livraria Bertrand do Chiado 

filosofia no jardim de infância

26804499_1697167180303522_7714817692632320136_n.pn

26815213_1697167183636855_5908820125524444816_n.pn

 

hoje demos continuidade ao trabalho iniciado em dezembro.

sim, aconteceu muita coisa desde a última vez que nos sentámos para filosofar. a verdade é que nos lembramos de muitas coisas que dissemos, das dúvidas, das certezas, dos passos que damos para a frente e para trás.
foi um dia de descobertas: não é que existem sereias verdadeiras? e reis? sabem onde os podem encontrar? no Algarve!

em fevereiro voltamos a sentar-nos à volta da filosofia.

 

mais uma voltinha, mais uma viagem pela filosofia [no jardim de infância]

tumblr_p0wjadF1jn1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_p0wmaroKGj1qhzqx6o1_500.jpg

 

 

o natal está à porta e há muitas purpurinas no ar. nas salas há árvores de natal, umas a fingir e outras a sério. 
hoje estivemos a dar voltas no nosso pensamento sobre os coisas que existem "a fingir" e coisas que existem "a sério".
ouvimos e demos ideias, partilhamos dúvidas e até houve momentos em que sentimos alguma confusão. faz parte!
nada como parar para pensar e ouvir os "porquês".

voltamos a filosofar em Janeiro.

boas festas a todos! 

oficinas de filosofia, para crianças, em abrantes

tumblr_ozcuu00r4L1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_ozd112RxSa1qhzqx6o1_500.jpg

 

a filosofia está espalhada um pouco por toda a cidade de abrantes: nas montras, na praça, na biblioteca, nas escolas.

hoje tive a oportunidade de trabalhar com duas turmas do 1º ciclo, sobre os temas "o que é uma pergunta?" e "de onde vêm as coisas?" 

 

mais importanto do que aquilo que dizemos, em jeito de "conclusão" ou de "resposta" é mesmo o processo que nos leva até lá. esse só é possível reproduzir na sua inteireza quando a oficina é gravada e depois transcrita. sem ter condições para tal, limito-me a registar, em folhas, alguns dos pontos que nos fizeram avançar ou não, no diálogo. e sim, também "arquivo" ideias e perguntas. eis algumas: 

 

"o tempo existe porque os humanos tiveram a ideia de construir relógios."

 

 

"o tempo vem da invenção humana."

 

 

"quando a primeira pessoa do mundo nasceu, o tempo começou a existir."

 

 

"o relógio pode estar a funcionar e não haver tempo"

 

como é que sabemos que o tempo existe?

"vemos pelo dia e pela noite, e depois o dia e a noite"

(ao que o G. diz)

"o tempo que se decida, está sempre a mudar!"

 

 

 

 

no instagram ou no twitter, acompanhem a hashtag 

livros para pensar (I)

É Um Livro - www.wook.pt

livros para pensar (II)

O Livro Negro das Cores - www.wook.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D