Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

agenda #filocri | abril 2017

próximas paragens:

oficinas Filocriatividade - Filosofia e Criatividade

 

 

23 de Abril, oficinas de filosofia em Odivelas, Positive Minds

informações: bookings@positiveminds.pt

 

29 de Abril, Cabecinhas Pensadoras, em Lisboa (Crescer com Sentido

informações: crescercomsentido@gmail.com 

 

oficinas para crianças e jovens, entre os 4 e os 14 anos

facilitadora: Joana Rita Sousa

 

 

 

tumblr_onzn5gJ1fy1qhzqx6o1_500.jpg

 

próxima paragem: Benfica, no dia 9 de abril

17499525_1137327223038937_9150001786032059412_n.jp

 

uma oficina que "nasceu" numa "aula" de filosofia, no 1º ciclo: porque é que fazemos coisas ao contrário?, a partir do livro de afonso cruz, "a contradição humana" 

 

no dia 9 de abril, em Benfica (A Grow Up, na Rua Maria Lalande), vamos filosofar à volta desta pergunta. e "brincar a pensar".

 

inscrições abertas para crianças e jovens entre os 4 e os 14 anos - mais informações no evento criado, ali mesmo no facebook, ou através de e-mail info@joanarita.eu 

 

 

agenda #filocri | abril 2017

próximas paragens: oficinas Filocriatividade - Filosofia e Criatividade

 

2 de Abril, Filosofia para Crianças e Jovens - 02/04/2017 na Beyond Academy - Nazaré

8 de Abril, oficinas de filosofia no Palácio Do Sobralinho - Inestética no Palácio * oficina adiada para o dia 20 de maio 

9 de Abril, em Benfica Porque é que fazemos coisas ao contrário? | Oficinas Filosofia

23 de Abril, oficinas de filosofia em Odivelas, Positive Minds

29 de Abril, Cabecinhas Pensadoras, em Lisboa (Crescer com Sentido

 

 

info@joanarita.eu

 

14607168_207766032997258_2539578999227547648_n-1.j

 

 

 

 

O que é uma pessoa? - oficina de filosofia para crianças

a convite da Inestética Companhia Teatral, a filosofia vai rumar até ao Palácio do Sobralinho para duas oficinas

 

20 de Maio (sábado) 
OFICINA DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS
“O que é uma pessoa?”
por Joana Rita Sousa
16:00 (4 aos 6 anos) / 3€
17:00 (7 aos 10 anos) / 3€

 

 

as inscrições podem ser feitas através do site, AQUI 

 

o Palácio do Sobralinho fica na Rua da Escola, 2615-694 Sobralinho, Portugal 

 

mais informações: palacio@inestetica.com

 

 

16789774_1818614501796469_2711671385226215424_n.jp

 

"como conhecemos as coisas?" - oficinas de filosofia para crianças e jovens

 

 no próximo domingo, dia 12 de março, voltamos a Benfica para filosofar com miúdos e graúdos, pais e filhos

 

 

16789774_1818614501796469_2711671385226215424_n.jp

 

Oficinas de filosofia para crianças e jovens (entre os 4 e os 14 anos) 

10h - 10h50 - jovens entre os 11 e os 14 anos
11h - 11h50 - crianças 7/10 *
12h - 12h50 - crianças 4/6 * 

* os pais, tios, avós, irmãos mais velhos... também se podem juntar a nós!


Facilitadora:
Joana Rita Sousa | filocriatiVIDAde 

Local:
GROW UP
(Benfica)

Inscrição: *
8,50 eur / criança
12,50 eur / criança + acompanhante
16,00 eur 2 irmãos + acompanhante



Pf enviar e-mail para info@joanarita.eu com os seguintes dados: 

- nome da criança e data de nascimento; 
- contacto telefónico do pai/mãe/avó (...).

A inscrição é válida após recepção de e-mail de confirmação. 

Todos os participantes deverão levar consigo meias anti derrapantes: vamos sentar-nos no chão, em almofadas. 


* valor sujeito a IVA, à taxa legal em vigor

Oficinas de filosofia para crianças e jovens (entre os 4 e os 14 anos) 

pontos de vista | points of view

[english version at the bottom]

 

um dos exercícios mais interessantes de se fazer, no âmbito da filosofia para crianças, é o de avaliar criticamente o ponto de vista do outro, sob a forma de uma ideia ou de um argumento apresentado.

 

pegar na ideia do outro e explorá-la - ainda que não concordemos com ela - faz-nos assumir um ponto de vista diferente sobre o nosso próprio ponto de vista. é como se saíssemos de dentro de nós para nos colocarmos no lugar do outro, assumindo a sua ideia e deixando a nossa em suspenso.

 

em conversa com algumas pessoas com quem estou a desenvolver um projecto específico, falámos da forma como olhar a Terra, a partir do espaço, muda a forma de estar, de ser, de pensar das pessoas que têm essa experiência. lembrei-me do Mike Massimino, que ouvi no web summit 2016 a falar da sua experiência enquanto astronauta.

 

fica aqui a sugestão para um exercício de "assumir outro ponto de vista" - a partir de um dado adquirido para muitos de nós: o mapa mundo e a Europa que está ali mesmo ao centro. 

 

pedia ajuda no twitter e no facebook e chegaram-me algumas imagens que desafiam o nosso ponto de vista habitual.

 

afinal, quantas formas há de olhar para o mundo?

como é que um mapa pode determinar a forma como vejo o mundo?

tenho o mundo todo à minha volta? serei o centro do mundo?

 

Screenshot 2017-02-16 12.11.36.png

 

Screenshot 2017-02-16 12.11.56.png

 

Screenshot 2017-02-16 12.12.14.png

 

Screenshot 2017-02-16 12.12.30.png

 

 

one of the most interesting exercises to do in the philosophy of children is to critically evaluate the point of view of the other in the form of an idea or a presented argument.
 
picking on the other's idea and exploiting it-even if we do not agree with it-makes us take a different view of our own point of view. It is as if we come out from within ourselves to put ourselves in the place of the other, assuming his idea and leaving ours in suspense.
 
in a conversation I had with some people with whom I am developing a specific project, we talked about how to look at the Earth, from space, changes the way of being, of being, of thinking of the people who have this experience. I remembered Mike Massimino, who heard on the web summit 2016 about his experience as an astronaut.
 
here is the suggestion for an exercise of "assuming other point of view" - from a fact acquired for many of us: the world map and Europe that is right there in the center.
 
I asked for help on twitter and facebook and some images came to me that defied our usual point of view.
 
After all, how many ways are you going to look at the world?
How can a map determine how I see the world?
I have the whole world around me? Will I be the center of the world?

 

 (if the english is not so perfect, please excuse me. I asked for google translator's help)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D