Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

perguntas e respostas

"vá lá meninas, vamos lá arrumar as coisas para ir embora e eu fechar a sala. os pais já estão à vossa espera lá em baixo"

" oh professora, o meu pai chega sempre mais tarde, não tenho pressa"

"está bem, M., mas tenho eu"

"porquê, professora, o teu pai chega mais cedo?"

tumblr_nfavgh1SJ51qhzqx6o1_500.jpg

 

real

"real? para saber que uma coisa é real tenho que sentir. mas pode ser de duas maneiras: por exº, eu caio e bato com o braço. eu sinto. outro exº é se a minha namorada disser que já não gosta de mim... eu sinto isso, mas não é como o exº do braço."

tumblr_nfrjspfdhO1qhzqx6o1_500.jpg

 

e estes são os meus votos

boas festas e afins.png

 

bom natal a quem é de natal, bom dezembro a quem é de dezembro, boa semana a quem é de semana.

e que 2015 vos sorria 

 

já sabem: se precisarem de uma formadora (filosofia para crianças / criatividade), de uma consultora ou gestora de redes sociais... estou à distância de um e-mail. 

 

saúde e trabalho são os votos para que 2015 (me) sorria! 

utilizar mapas mentais em sala de aula - 1º ciclo

tumblr_nghjgqdxw21qhzqx6o1_500.jpg

já há muito que os meninos se habituaram a ver os meus apontamentos no quadro, numa forma circular. é a minha forma natural de tomar notas - e no quadro não é excepção.

 

numa sala de 2º ano, na última aula do 1º período, perguntei o que era um mapa, para poder com eles desenhar o mapa das aulas de filosofia. eles já sabem muitas coisas sobre mapas - e descobrimos que sabem muitas coisas sobre filosofia... sobretudo que "estamos à procura de saber o que é a filosofia"

 

tumblr_nghja76xy71qhzqx6o1_500.jpg

 

surgiu uma pergunta: "e por que é que fazemos um mapa das aulas, Joana?"

"M., para em Janeiro não nos perdermos e sabermos qual foi o nosso caminho até agora"

 

tumblr_nghjc5yW541qhzqx6o1_500.jpg

 

o espreguiçar - uma técnica da Dina Mendonça que adoptei no início do ano lectivo - é uma das coisas que os meninos associam a esta aula. "só espreguiçamos na filosofia" 

trabalhamos em perguntas, aprendemos o ponto de interrogação e percebemos como é que aprendemos a trabalhar na filosofia.

sendo este um dos grupos com mais problemas de comportamento e com piores resultados ao nível da avaliação, fiquei muito contente por saber que - apesar disso - muito daquilo que são as aulas, as suas rotinas e - sobretudo - os seus processos, começa a ficar interiorizado no seio do grupo. 

 

tumblr_nghjeeGGwx1qhzqx6o1_500.jpg

 

já no quarto ano, o processo acelerou para a construção do mapa das aulas, com um grupo de alunos super atento, a tirar notas nos seus diários da filosofia (obrigada Tomás Magalhães Carneiro, pela dica super preciosa!)

 

foram tantas as ideias que o quadro não chegava...  foi muito bom ver que os meninos reconhecem uma mudança de comportamento, no sentido de trabalharem mais em equipa e dialogarem em conjunto. "aprendemos coisas que não sabíamos antes"; "resolvemos problemas" e ainda "descobrimos realidades dos colegas" - o F. referia-se ao facto de termos conhecido, numa das aulas, os brinquedos preferidos uns dos outros. 

 

os mind maps - tal como Buzan os concebe - devem ter desenhos e símbolos. estes têm "palavras a mais", como costumo dizer. mas é uma forma de começar a interiorizar outras formas de tomar notas e de organizar o nosso pensamento. e de pequenino... 

 

 

franjinhas ;)

"meus amigos, a partir de agora quem me tratar por professora será tratado por aluno ou por aluna"
"porquê?", perguntaram quase em coro.
"amigos, a mãe Sabel não me deu o nome de professora. mas sim joana rita"
(e eis que o D. levanta o braço e diz:)
"sim, mas também posso tratar-te por franjinhas, é o teu nome gestual, não é?"

 

1069143_10201457253224389_1668110080_n.jpg

 

 

 

abraços, jean paul gaultier e "coolness"

joana: vamos lá então pensar e avaliar o nosso comportamento!

M.: vai haver surpresa para quem se portar bem? trouxeste rebuçados?

joana: não, M., não há rebuçados. há abraços, pode ser?

M.: pode ser, pois. (e vira-se para trás, para os colegas e diz, em alta voz) a professora joana não trouxe rebuçados, mas diz que dá abraços!

 

*

G.: professora Joana, cheiras tão bem!

joana: obrigada, B.

G.: adoro o eu cheiro natural.

joana: er... bom, eu uso um perfume...

G.: ADORO o teu perfume! 

 

*

 

 

B: joana, és uma professora super cool! 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D