Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

Formação personalizada na área da filosofia para crianças e criatividade

 

Depois do formato Linda de Suza & sua mala de cartão que tem levado o projecto filocriatiVIDAde pelo mundo fora (do Faial a Maputo, passando pelo Funchal e por Braga, entre outros) para formar professores e educadores na área da filosofia aplicada e criatividade, abrimos a possibilidade de formação/consultoria individual.

 

O formando tem, assim, a possibilidade de usufruir de uma formação personalizada, cujos objectivos, conteúdos e duração são acordados com a formadora, Joana Sousa.


Trata-se de um processo de aprendizagem dinâmico, em que o formando assume um papel activo, que inclui momentos de prática e, até, a possibilidade de assistir a ateliers/oficinas de filosofia aplicada ou criatividade, ministradas pela formadora.

 

Para mais informações: joanarssousa@gmail.com

 

Disponibilidade para deslocações em todo o país.

 

Comemorações do Dia Mundial da Filosofia - 15 de Novembro de 2012

 

Agenda (em construção)

 

08 e 09 de Novembro: ateliers de filosofia e criatividade com as turmas do Taekwondo Rodafits | projecto PhiloTKD

 

10 de Novembro: início do curso de formação avançada em filosofia para crianças no centro Reflexos Psicologia

 

19 de Novembro: atelier de filosofia e criatividade na #sala5 da educadora Ana Dominguez

 

tertúlia no Teatro Rapido

pretendemos levar o público a imaginar como seria (é?) viver na república da (e dos?) bananas

a conversa não terá necessariamente um cunho político a não ser aquele que definia os políticos nos tempos idos da Grécia, berço da democracia: o político é o Homem da polis (da cidade)

venha daí recuperar o hábito de conversa de café, ao estilo dos cafés filosóficos, de agora e das tertúlias tão portuguesas, de outros tempos


moderadores: Mário Pires e Joana Sousa

no Teatro Rápido (Rua Serpa Pinto, Chiado, Lisboa)

verbo «parlamentar»

 

(fotografia de Ricardo Miguel)
No passado dia 27 de Setembro a eurodeputada Edite Estrela recebeu, no Parlamento Europeu (PE), um grupo de cidadãos portugueses para realizar um debate sobre a Europa e Portugal, através da rede social Twitter. O grupo, constituído por jornalistas, políticos, estudantes, filósofos, figuras públicas e cidadãos anónimos, teve oportunidade de conversar com o líder dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu, Hannes Swoboda.
«Edite Estrela admitiu, contudo, que "os políticos nem sempre estiverem suficientemente vigilantes e atuantes".

"Mas acho que, apesar de tudo, eles [os políticos] são escrutinados, são eleitos, representam o povo que os pode substituir. Em relação aos outros poderes, bem mais poderosos, não respondem perante ninguém e são opacos", afirmou a eurodeputada.

Edite Estrela disse ainda estar "mais preocupada com a crise da democracia, com o futuro da democracia europeia, do que propriamente com a crise económica".

Isto porque, argumentou, apesar de a crise económica ser "gravíssima", tem "soluções, se houver decisores à altura das suas responsabilidades e dos desafios que os tempos modernos colocam".» (cf. RTP - online)

 

Os portugueses que marcaram presença neste debate tinham em comum o facto de serem utilizadores do twitter. Edite Estrela abriu, assim, as portas do Parlamento Europeu às redes sociais, permitindo que quem seguisse o debate (via #twittPE2012) pudesse acompanhar a conversa e participar na mesma.

 

Houve, ainda, oportunidade para conhecer como funciona o PE e qual o papel dos eurodeputados e qual o tipo de trabalhos desenvolvem.
Esta acção teve como ponto positivo o facto de aproximar Portugal de Bruxelas. Sabiam que os eurodeputados dispõem de verbas para levar cidadãos do seu país a conhecer o PE?
E já agora, conhecem a Iniciativa de Cidadania Europeia?
O grupo #twittPE2012 foi, acima de tudo, um grupo muito interessado na promoção do debate; apresentando um carácter heterógeneo e plural, no que a pensamentos diz respeito.
Muito obrigada a todos pela partilha de opiniões, de pontos de vista, de mulles frites e de macarons.
O debate (e a boa disposição) tem agora lugar no twitter.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D