Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

9.º ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE FILOSOFIA

BRAGA - UNIVERSIDADE DO MINHO |CONVITE À PROPOSTA DE COMUNICAÇÕES E DE SESSÕES PRÁTICAS


A Sociedade Portuguesa de Filosofia, em parceria com o Departamento de Filosofia da Universidade do Minho e com o apoio do Centro de Estudos Humanísticos da mesma universidade, organiza este ano a 9.ª Edição dos Encontros Nacionais de Professores de Filosofia. O encontro deste ano realizar-se-á nos dias 9 e 10 de Setembro, em Braga, e contará com o Prof. Simon Blackburn (Oxford) como orador internacional.

Estão abertas as candidaturas para a apresentação de comunicações em língua portuguesa sobre qualquer tópico de filosofia ou didáctica da filosofia, incluindo ainda propostas de sessões práticas ou workshops nesses âmbitos. As comunicações não devem exceder os 30 minutos, de modo a reservar pelo menos 20 minutos à discussão. As sessões práticas poderão ocupar 50 minutos, desde que seja garantida a oportunidade para a participação do público.

Os candidatos deverão enviar para o endereço spfil@spfil.pt, até 30 de Abril, o título da sua comunicação/sessão prática e um resumo da mesma que não exceda as 500 palavras. Os resumos das propostas de comunicações devem indicar de forma clara a(s) ideia(s) a defender, e incluir um esboço do argumento proposto. Na rubrica “Assunto” da mensagem deverão inscrever “9ºENPF Proposta”. O resumo deverá ser anexo em formato Word ou Pdf e não deverá conter nenhuma referência que permita identificar o autor ou instituições a que este esteja ligado. O mesmo será apreciado sob anonimato, sendo aceites no máximo duas comunicações. A decisão do júri será comunicada aos autores por correio electrónico, até 4 de Maio.

Sentir Pensamentos | Pensar Sentidos no Colégio D. José I (Aveiro)

fotografia de Mário Pires

das coisas nascem coisas. e de um encontro entre duas pessoas nasceu um encontro entre cerca de cinquenta. sentir pensamentos | pensar sentidos: o I Encontro de Filosofia para Crianças e Criatividade teve lugar em Aveiro, a 19 de Fevereiro de 2011. foi muito bom ver uma sala cheia de pessoas disponíveis para ouvir as partilhas dos comunicadores convidados.
foi com muito agrado que vimos que o voluntariado e o «espírito de missão» ainda reina no seio de quem se dedica ao mundo das «filosofices».
OBRIGADA! à Celeste, pela companhia nestas andanças. ao João Diogo, pela concepção da imagem do evento. ao Tomás, à Dina, à Ana e  à Zaza pela participação enquanto comunicadores. ao Mário Pires pelo apoio técnico, filmagens e fotografias. aos participantes, para quem organizámos este evento.


fotografia de Mário Pires: uma visão do Encontro


6th International Summer Seminar | "Practicing Philosophy"

La Chapelle St André - France - August 1st - 7th 2011

Every summer, in the little village of La Chapelle St André (Burgundy - France), gather about 25-30 persons involved in philosophical practice (students, teachers, professors, counselors, trainers) in order to reflect on their work and improve professionally. For seven days, in English, these philosophy practitioners coming from the five continents will participate to different workshops, lead workshops, analyze and evaluate them, theorize about the different issues involved.

In this context, philosophy is not any more an academic activity centered on the history of ideas, and one does not come simply to narrate what he does in his home country, but get acquainted with the many ways of philosophizing, as an activity constitutive of the mind and the self. Philosophy with children, philosophical consultation, philosophy workshops, Socratic dialogue, etc., one is introduced to the many forms and variants of such an endeavor. It is not so much knowledge that is at stake here, but acquiring and developing skills. How to conceptualize, how to problematize, how to deepen understanding of given ideas, and especially how to create a situation where this activity can be induced, is the main focus of the work.

Of course, Socratic maïeutics is a key methodological point, but as well dialectics, analytics, community of enquiry, constitute as many entries and matrices to define the work. If they wish so, participants can facilitate a workshop, a situation which provides an occasion for a practitioner to show how he works and get some critical feed-back on his work and his methodology, so one becomes more conscious of his own options and activity. Since the atmosphere of this seminar is open, inclined to both rigor and diversity, it creates a context where one can really express his view instead of hiding behind the usual pseudo-consensus where "everything is fine and we are all great". In this sense, the idea is to recreate the context of antique philosophical schools, or the gymnasium as described by Plato, where one could challenge other's ideas and himself be challenged. In the peaceful atmosphere of a small French village, accompanied with good food and good wine, walks in the beautiful surrounding woods and visit to the medieval site of Vezelay, one can truly devote himself to philosophical encounters and reflection.

All practitioners interested in presenting their work and holding a workshop during this event are invited to send in their proposal. The purpose of this seminar is to exchange, discover, experiment and develop practices.

This seminar does not require previous philosophical training. It can be an initiation to philosophical practice, or a deepening of the activity. Participants come from different parts of the world, and join for professional or personal reasons, in order to work on a practice that is applicable to many contexts: teaching children or adults, management, individual consultation, N. G. O. activities...

The duration will be one whole week, from August 1st - 7th, and the cost will be 500 EUR, including the workshops, food and accommodation in a private room. For people who are on a tight budget, this can be reduced to 300 EUR if you accept "camping style" accommodation. Our Institute can accept some people free of charge who have financial difficulties, but are highly motivated.

You can read theoretical texts and watch videos of the practice on the following websites - English section:
http://www.brenifier.com/ | http://www.pratiques-philosophiques.com/


If you wish to be informed of the seminar and workshops of the Institute of Philosophical practice, you can send an email to Isabelle Millon at the following address: i.millon@club-internet.fr

recebido via e-mail

rodopiar (n)o pensamento. em Palmela.



a convite da DançArte (Palmela), desafiámos quem nos visitou a rodopiar (n)o pensamento. foi uma tarde de partilhas, de perguntas, de respostas, de prós e contras em torno da Filosofia para Crianças.



no final, construímos um mapa em torno da VIDA e do TEMPO. com porquês, mesmidades e diferenças assumidas e partilhadas em grupo. porque pensar é uma descoberta!


obrigada a todos. pela primeia vez, o meu projecto «invadiu» a margem Sul.
espero que estas invasões se repitam, pois... a ponte é uma passagem para a outra margem!

na Casa das Histórias Mágicas

«Hoje o André chegou à sala e contou:

- Ana! A minha mãe, ontem, esteve a ouvir-te na rádio!!
-E a minha também! – disse a Matilde
- E o meu pai! E estava lá a Joana! Fui eu que reconheci as vozes! –disse o Diego.
- E a Vanessa, eu ouvi a Vanessa!! – disse a Madalena
- Estiveram a falar de nós, no Twitter! – disse o Pedro
- A minha avó foi jantar lá a casa e nós explicámos-lhe o que era o Twitter. Ela riu-se e disse que também queria ter uma conta. – disse a Inês.
-Assim pode saber o que fazemos na escola. – disse a Carolina - Vou dizer à minha avó para fazer o mesmo.
- Ana! Tu achas que aquele senhor, o Alvim, o que estava a falar contigo, vem cá à nossa sala? – perguntou o Pedro.
-Ana achas que ele vem contar-nos uma história? – perguntou a Leonor
- Ana, achas que o Alvim sabe histórias? – perguntou o Gonçalo
- Bem, se não souber nós contamos-lhe uma. Uma da nossa casa das Histórias Mágicas... – disse o Lucas
-Oh ,Ana… - E… - Ana!!! - Ana...E…

Foi assim que começou o dia de hoje na #sala3.
Cheio de perguntas!

A Joana diz que é bom fazer perguntas.

Quem tem perguntas anda sempre à procura de respostas!

Quem procura sempre encontra qualquer coisa...

E tudo porque a Ana esteve com a Joana num programa de rádio, na Antena 3, a falar de Filosofia e de histórias e do Twitter e de muitas mais coisas…

Falou da #sala3 que são uns meninos que estão a aprender como se faz para escrever e ler em pedacinhos de 140 caracteres.

E eu estive a ouvir muito orgulhosa de todos vós!

Beijinhos da vossa amiga Bruxinha»

Obrigada, Bruxinha, pela magia das tuas histórias!

(ainda não conhece a CASA das HISTÓRIAS MÁGICAS?)



Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D