Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

filocriatiVIDAde | filosofia e criatividade

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

WORKSHOP FILOSOFIA PRÁTICA E PENSAMENTO CRÍTICO

- Melhore os seus desempenhos cognitivos e argumentativos -

Dias: 14 e 15 de Setembro
Local: Clube Literário do Porto (Rua Nove da Alfândega, 22)


Horário: 21h30 - 23h30



Inscrições: revistaumcafe@gmail.com (limite 20 pessoas)


Mais informações em http://filosofiacritica.wordpress.com/o-que-e-uma-oficina-de-filosofia/

...


[público-alvo: pais, professores, educadores e agentes educativos | duração 6h]


[para crianças e jovens dos 3 aos 16 anos - oficinas de 45min a 1h - solicite informação]



fruto de uma parceria com a empresa deskprovider, o N/ projecto vai voar até à Ilha da Madeira, para um workshop para agentes educativos e oficinas para crianças e jovens

solicite mais informações via e-mail eventos@deskprovider.pt



(design gráfico de João Paca)

estórias do Rafa

Rafa: mãe, hoje na praia atirei uma pedra a um homem. não foi de propósito, que eu até disse: ups! mas ninguem viu, e eu tambem não pedi desculpa... mas agora os meus chocalhinhos não conseguem pensar noutra coisa!


Zélia: Para a proxima pedes desculpa amor, não penses mais nisso!

Rafa: uffa! já conseguem pensar noutras coisas, os meus cho...calhos!!!!
 
 
Obrigada pelas partilhas, Zélia!

Aprender a pensar - artigo sobre Filosofia para Crianças na revista Pais & Filhos (Set.10)

 

«Crianças a fazer filosofia. Mais do que possível, é recomendável e até imprescindível. Objectivo: formar futuros cidadãos com pensamento autónomo e consciência social.»


O artigo é da autoria da jornalista ana Sofia Rodrigues e conta com a participação, entre outros, da Celeste Machado, que faz parte da equipa formativa deste nosso projecto.

saudades da #sala5

«(...) Todos os anos faço questão de promover actividades diferentes porque a rotina educativa é algo que temos de evitar a todo o custo, mas com estes alunos houve sempre um crescendo de interesse pelas actividades propostas. Nunca houve limites, medos ou obstáculos impossíveis de transpor. Tudo era possível, desde que o desejássemos.

(...)
Este último ano lectivo, que correspondeu aos 5 anos da maioria dos alunos, foi especialmente colaborativo. E nada disso teria sido possível sem o Twitter e as ligações que ele me permitiu estabelecer com as pessoas que connosco colaboraram.
Aprendi (aprendo) todos os dias alguma coisa com o Twitter e o Facebook, já que é preferêncialmente através destas plataformas que me chegam os links sobre educação, conferências, actividades, etc.
Nesta ocasião de balanço, recordo os amigos que fizemos, os presentes que recebemos, as parcerias que criámos com base nas histórias colaborativas (A Casa das Histórias Mágicas) e também nas aulas de filosofia que tivemos e o blogue que daí surgiu, a nossa Amiga Bruxinha que escreve tão bem, a Ana Lage que nos contou e espantou com as suas Histórias, o escritor que descobriu os desenhos que fizemos da sua história, os meninos de Viseu que leram para nós e outros que inventaram desenhos de animais para nós pintarmos, o Twittdraw que nos permitiu desenhar no computador e mostrar os nossos desenhos a todo o mundo, os blogues de histórias e de actividades que gentilmente nos foram indicando ao longo do ano , as prendas que a Cristina nos mandou de Inglaterra e que foram uma alegria para nós, mas também uma pequena ajuda para meninos doentes com cancro, as inúmeras visitas que tivemos sala.
Quero fazer uma referência especial a Tito de Morais, que proporcionou à #sala5 a possibilidade de utilizar Magalhães para jogar e aprender, e igualmente a plataforma EasyBits, com segurança parental incorporada, o que deixa a todos os agentes educativos muito mais seguros. Todas estas actividades educativas não têm preço, e práticamente nada disto seria possível se continuássemos a ser uma sala de jardim de infância convencional.
E por fim o Twitter e os pais. Longe de ser uma maçada ou uma preocupação, foi com imensa alegria que todos aceitámos a interacção dos pais (embora nem todos tenham criado uma conta) com a nossa #sala5. O momento do reconto do dia para além de ser um tempo de regresso à calma, passou igualmente a ser uma oportunidade para os pais poderem “espreitar” o nosso dia a dia, e ao mesmo tempo serviu o objectivo pedagógico de desenvolver o vocabulário, e a construção e sequência das frases, de forma a que fosse perceptível para quem nos lia. (...)
O twitter também serve para securizar os pais (por ex: enviando uma foto a mostrar que já chegámos, são e salvos!), e para lhes mostrar que os passeios e visitas também têm um objectivo pedagógico claro e integram o programa anual por uma razão. Ao enviar regularmente twites durante as visitas e passeios que fizemos, os pais podem ver que afinal “a brincar” é que se aprende e ao longo destes três anos lectivos aprendemos e brincámos muito. Todas essas aprendizagens, descobertas, teatros e passeios, passaram também a ficar guardados no meu blogue A sala da Ana, onde podemos ir ver muito do que se passou e acreditar que é no Jardim de infância que “Tudo começa”.
Assim a juntar às histórias, às canções, aos jogos, aos desenhos, à pintura, à digitinta, à plasticina, às dramatizações, temos também as redes sociais como ferramentas de aprendizagem.»

balanço do ano lectivo da #sala5, pela educadora Ana Dominguez (Colégio de Alfragide)

leia o texto integral AQUI

(sublinhado nosso)

Passatempo Filo-Tralhas: Faço birra, logo desenho... e existo!



Para ganhar uma t shirt «Faço birra, logo existo!» basta enviar um desenho da autoria do seu filho ou da sua filha (idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos) sobre um dos seguintes temas:


- a amizade
- o sentido da vida
- a felicidade
- o que é pensar?
- quem sou eu?

O desenho deverá ser digitalizado e enviado para o e-mail passatempofilotralhas@gmail.com juntamente com uma breve explicação do mesmo, que os pais podem registar pelo seu próprio punho, caso a criança ainda não domine as artes da escrita. O objectivo é explicar o «porquê» daquele desenho, não esquecendo de indicar o tema no qual se enquadra o trabalho, o nome e a idade da criança.

Eu e a  nossa parceira Tralhas Grátis vamos escolher o mais original e mais filosófico dos desenhos e anunciaremos no dia 05 de Setembro, através dos nossos blogs, twitter e facebook.
Nessa altura o vencedor será contactado para que nos indique o tamanho da t shirt e a morada para o seu envio.


Se tem filhos entre os 4 e os 12 anos, participe e envie o desenho até ao dia 31 de Agosto.








Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

@ creative mornings lx

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D