Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

JoanaRSSousa

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

JoanaRSSousa

oficinas de perguntas, para crianças / para pais e filhos | formação para professores e educadores (CCPFC) | #filocri | #filopenpal

"Porque é que as pessoas fazem as coisas ao contrário?"

17308802_781086732044346_6484060347007871427_n.png

 

no dia 2 de Abril voltamos a visitar a Nazaré e a Beyond Academy.

 

as oficinas são abertas a crianças e jovens - a Dina poderá esclarecer tudo através dos e-mails: geral@beyondacademy.net / beyondacademy@gmail.com ou do telefone 967 108 998

 

 

Ciclo de Oficinas sobre Pensamento Criativo

A chapelar é que a gente se entende! 

 

A chapelar é que a gente se entende!

. 30 de Março - I Thinking Gym - introdução à técnica de criatividade de Edward de Bono, seis chapéus do pensamento.
. 04 de Abril - II Hat Gym - Treino e aplicação da técnica à tomada de decisões 
. 06 de Abril - III Green Gym - Treino do pensamento criativo (chapéu verde).
. 11 de Abril - IV Everyday Gym: aplicação da técnica a situações quotidianas

Descrição:
Edward Bono concebeu várias técnicas para facilitar a vida de crianças e adultos. Uma delas chama-se Seis Chapéus do Pensamento e tem sido aplicada nos mais diversos contextos: desde a empresa ao jardim de infância.
A Joana Rita Sousa tem vindo a trabalhar esta técnica no âmbito das suas oficinas de filosofia e criatividade, junto de crianças e jovens.
Convidamos educadores, pais, professores, empreendedores, estudantes - enfim, qualquer um de vós a usar os seis chapéus do pensamento e a explorar a sua aplicação na vida quotidiana. 

Valores por Oficina: 20,00€*
(*acresce valor do IVA)

Duração Oficina: 3h/cada

OBS.As oficinas podem funcionar de forma independente, apenas a I) será essencial para frequentar as outras.

A inscrição deverá ser efectuada em https://positiveminds.pt/ficha-de-inscricao/ e será validada mediante envio do comprovativo de pagamento para IBAN PT50003300004539241245605.

Quem é a Joana Rita Sousa?
Joana Rita Sousa é licenciada em filosofia. É formadora nas áreas da filosofia aplicada, filosofia para crianças, criatividade e social media. É responsável pelo projecto filocriatiVIDAde - filosofia e criatividade, promovendo oficinas para crianças e jovens.

 

16807626_1665813647046123_7445282113285644899_n-1.

 

filosofia no jardim de infância

17333579_235450570255729_3199076072251457536_n.jpg

 

17334237_801913343283089_3419150570160652288_n.jpg

 

A sala dos Artistas decidiu dialogar sobre os super-heróis: para tal, contámos com a ajuda do Batman e da Lady Bug. Afinal, o que há de tão especial nisso de ser super-herói?

Na sala ao lado, dos Super-Heróis, estivemos a ver exemplos de pensar. Afinal, quando é que o pensar acontece? E tudo o que fazemos precisa que "o pensar" aconteça?
A verdade é que pensámos muito sobre o assunto e houve até quem mudasse de ideias: explicar o porquê ficou um pouco difícil. Mas vamos continuar!

 

filosofia para crianças, no jardim de infância

IMG_2417.JPG

conheci o educador R. numa formação de filosofia para crianças, há já alguns anos.

reencontrei-o numa das minhas formações de filosofia para crianças e tem sido super fixe acompanhar o seu percurso. costumo dizer que os educadores de infância são os melhores amigos da filosofia para crianças. o R. confirma isso, precisamente.

podem conhecer o seu trabalho AQUI. 

as perguntas medem-se aos palmos?

tumblr_on0lw2gSY01qhzqx6o1_500.jpg

a formação é, para mim, uma paixão e um desafio. 

é bom conhecer caras novas e ver que há caras que se repetem. para mim significa que terei feito um bom trabalho e que consegui despertar a curiosidade e a capacidade de investigação nos formandos.

 

 

tumblr_on0lz61tY71qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_on11urMWXc1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_on120qEQBx1qhzqx6o1_500.jpg

 

no momento de avaliação do trabalho feito, os formandos confessaram que tinham sido sessões densas, perturbadoras, inquietantes e difíceis. 

assim de repente, acho que fizemos TODOS um bom trabalho. pais, professores e educadores que, citando josé pacheco, "ainda não morreram" e querem pensar, agir, fazer e mudar a educação em Portugal. começam por se mudar a si mesmos. é esse o primeiro passo.

 

foi um privilégio filosofar junto de um grupo disponível para pensar as coisas pela primeira vez, para dizer "não sei", para afirmar, para negar, para mudar de ideias, para questionar. 

obrigada por terem criado um ambiente seguro e confortável para a prática do pensar. 

espero encontrar-vos em breve.

 

"procurar numa escola algum professor que ainda não tenha morrido" | José Pacheco

tumblr_omytzloFT51qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_omyu1uEe5e1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_omyu2miHfB1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_omyu3nZhch1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_omyu18MytG1qhzqx6o1_500.jpg

 

tumblr_omyu61XpOr1qhzqx6o1_500.jpg

há muito que oiço falar do professor José Pacheco e da Escola da Ponte.

ontem foi o dia de ir até ao ISCTE, ouvir o professor. e que grande contador de histórias! grande, pelo facto de contar histórias na primeira pessoa, histórias daquelas vividas e experienciadas. 

quem me conhece sabe como aprecio exemplos e histórias. agora que penso, os professores que me marcaram, todos eles, eram contadores de histórias, de uma forma ou de outra. e sabiam usar o humor. e o amor, pelos alunos, pela aprendizagem. pelo aprender, um caminho de duas vias, entre "aluno" e "professor". coloco aspas, pois as palavras do professor José Pacheco fizeram-me pensar nisso a que chamamos aluno e professor. quem ensina quem. quem aprende com quem.

encontrei na pessoa do professor a confirmação de algumas coisas que são a minha prática, no âmbito da filosofia para crianças e jovens: a questão da relação e do vínculo, como eixos fundamentais para que seja possível aprender.

partilho convosco os meus apontamentos. estou, ainda, a pensar muito sobre aquilo que ouvi. sobre a necessidade de mudança que o professor sentiu há 40 anos e o fez construir pontes entre pais, crianças, professores e comunidade, na escola da Ponte. que o conduziu ao Brasil e fez nascer o projecto Âncora. e faz com que a EcoHabitare seja uma realidade.

como é possível que tudo aquilo que o professor diz seja tão antigo, novo, óbvio, necessário e indesejado - tudo ao mesmo tempo? 

como é que é possível que a escola seja tantas vezes - vezes demais - aquilo que não devia ser? 

há que procurar nas escolas os professores que ainda não tenham morrido. e nas famílias, os pais que ainda não tenham desistido. todos juntos podemos pensar e agir a mudança.

 

José Pacheco é uma pessoa e pêras. daquelas que podem dizer c*$&#") e citar decretos lei, assim no espaço de 15 minutos - e ninguém leva a mal.